in

Esteban Ocon se revolta novamente com a Alpine: “Isso é muito triste”

Piloto revela que equipe ordenou que ele cedesse sua posição a Gasly no GP do Canadá

Esteban Ocon, Alpine, Fórmula 1
Esteban Ocon (Reprodução / X - @AlpineF1Team)

Esteban Ocon correu pela primeira vez após a confirmação do fim de seu vínculo com a Alpine. A parceria será finalizada quando se encerrar a atual temporada da Fórmula 1.

O francês largou na 18ª colocação e conseguiu uma excelente recuperação para terminar em 10º no Grande Prêmio do Canadá do último domingo (9), ficando assim logo atrás de seu companheiro de equipe Pierre Gasly, que ficou em 9º.

Leia também:
– Alpine iria suspender Ocon, mas preferiu evitar “processos judiciais”
– Ex-engenheiro da Alpine solta o verbo sobre saída de Esteban Ocon

A escuderia francesa, que não passa por uma boa temporada, deve estar muito satisfeita pelo fato de seus dois pilotos conseguirem alcançar a zona de pontuação. No entanto, o clima ainda não parece ser dos melhores nos bastidores, principalmente devido a uma ordem dada pela equipe a Ocon durante a corrida em Montreal.

Estou feliz pela equipe poder pontuar com os dois carros, mas a ordem (de posições) deveria ser inversa. Recebi instruções para deixar Pierre (Gasly) passar quando faltavam uma volta e meia, ou duas voltas para o final, para (ele tentar) alcançar Daniel (Ricciardo), que estava dois segundos e meio na frente e muito rápido para nós. Portanto, a decisão não fez sentido“, revelou então um desapontado Esteban Ocon à Sky Sports.

Esteban Ocon dá “benefício da dúvida” à Alpine

O piloto seguiu lamentando o ocorrido no GP do Canadá, demonstrando estar muito triste pelo fato da decisão de sua equipe, segundo sua análise, tê-lo prejudicado: “Mas eu fiz a minha parte do trabalho, que é ser um piloto de equipe. Sempre respeitei as instruções que foram dadas. Sempre foi assim e nunca fiz nada diferente em minha carreira. Fiz a minha parte do trabalho, mas a equipe não fez a dela hoje. Isso é muito triste“.

Ao ser questionado sobre a possibilidade da Alpine não tê-lo priorizado devido ao fato da parceria entre a equipe e ele estar chegando ao fim, ele disse: “Eu dou a eles o benefício da dúvida“.

Avatar

Escrito por Mateus Pereira

Colaborador do Naspistas desde 2023, nasci no estado do Rio de Janeiro e alinho minha maior paixão à minha vocação através da produção de conteúdo sobre esportes. Entre as minhas áreas de maior domínio e experiência profissional estão o automobilismo, o futebol e o universo geek.
Certificado como Jornalista Digital e Social Media pela Academia do Jornalista, contribui no passado como Colunista, Editor-chefe e Líder da editoria de Esportes nos portais R7 Lorena e iG In Magazine.

Comentários

Loading…

Vasseur, da Ferrari

Vasseur admite ter esperado bandeira vermelha para salvar corrida de Leclerc

Enea Bastianini

Enea Bastianini abre o jogo sobre futuro na MotoGP