in

Ex-pilotos de Fórmula 1, Damon Hill e Pedro de la Rosa, aconselham Sainz sobre 2025

Futuro do espanhol ainda é incerto, mas recebe conselhos para firmar contrato com a Sauber, que posteriormente será Audi

Carlos Sainz
Carlos Sainz (Twitter)

Os pilotos e as equipes de Fórmula 1 já estão a todo vapor em seus respectivos processos de definição do futuro já pensando na temporada de 2025. Alguns deles, como Fernando Alonso e Lewis Hamilton parecem já ter a próxima temporada definida. Contudo, Carlos Sainz ainda segue em busca de um novo contrato, e vendo essa situação, veteranos das pistas, como Damon Hill e Pedro de la Rosa, o aconselham a firmar contrato com a Audi.

Enquanto Alonso renovou seu vínculo com a Aston Martin, o heptacampeão mundial trocará a Mercedes pela Ferrari a partir do próximo ano.

Carlos Sainz recebe conselhos de ex-pilotos na Fórmula 1

Diante desse cenário, Sainz é o principal piloto de alto nível da F1 que segue com seu futuro indefinido para 2025. Hill e De la Rosa acreditam que a Audi pode ser o melhor destino para o piloto espanhol.

“Pessoalmente, acho que as coisas não mudarão muito em 2025”, especulou o ex-piloto Pedro de la Rosa no podcast F1 Nation, segundo o portal Autoracing.com.

“Além do fato de que Lewis irá para a Ferrari, como todos sabemos. Acho que para 2026 as coisas podem mudar. Especialmente porque há uma grande mudança na regulamentação do carro e do motor”, prosseguiu.

A renovação de Alonso com a Aston Martin fechou as portas da escuderia para Carlos Sainz. Entre as principais equipes de F1, a Mercedes poderia ser o destino do piloto. No entanto, caso a empresa alemã não consiga trazer Max Verstappen, Andrea Kimi Antonelli é o nome favorito para assumir o posto que poderia ser do neerlandês.

Diante desse cenário que cada vez fica mais definido para outros pilotos, Sainz foi aconselhado a não perder a oportunidade de garantir seu assento na Audi para 2025:

“Uma empresa como a Audi não vai entrar na F1 pela metade, então eles poderiam oferecer a Carlos uma quantia enorme para ir para o que é a Sauber no momento, mas que eventualmente será a Audi”, afirmou Hill, concordando com De la Rosa.

Pedro acrescentaria ainda a possibilidade de abertura de vaga na Mercedes e na Red Bull Racing, porém, esse cenário ainda é uma incógnita.

 “Há muitos pontos de interrogação sobre o que acontecerá com a Mercedes, com a Red Bull, então acho que cabe apenas a Carlos decidir se ele quer se juntar à Audi ou esperar para ver se há alguma abertura”, argumentou.

“Estamos na época da silly season em abril, basicamente, está acontecendo quatro meses antes”, concluiu De la Rosa. 

Avatar

Escrito por Luciano Ferreira

Comentários

Loading…

Vasseur, da Ferrari

Vasseur revela maior preocupação em retorno da Fórmula à China: “Acho que será difícil” 

Fórmula 1

Pilotos de F1 discutem medidas para evitar punições inconsistentes: comissários permanentes em todas as corridas