in

F1 hoje: McLaren revela pintura exclusiva para o GP do Japão

Escuderia britânica utilizará um design criado por artista japonês na corrida de F1 no circuito de Suzuka no próximo fim de semana

McLaren terá novidades no seu design em Suzuka
McLaren terá novidades no seu design em Suzuka (Divulgação/McLaren)

O Grande Prêmio do Japão de F1 acontecerá no tradicional circuito de Suzuka na madrugada de sábado (6) para domingo (7), a partir das 2h da madrugada (horário de Brasília).

Num palco de grandes lembranças para os torcedores brasileiros, através dos títulos conquistados por Ayrton Senna com a McLaren, a tradicional equipe utilizará uma pintura única para a etapa em Suzuka.

A escuderia laranja apresentou um ajuste no design ‘papaya’ produzido pelo artista japonês MILTZ em seus dois modelos MCL38 pilotados por Lando Norris e Oscar Piastri.

Na pintura, que muda o visual da tampa do motor, dos sidepods e da asa dianteira, traz um dragão correndo pelas nuvens, com elementos inspirados na caligrafia japonesa do período Edo.

“A arte de MILTZ é inspirada em Edomoji, uma caligrafia tradicional japonesa, que ele funde com a arte e a cultura modernas e, neste caso, usada para representar a velocidade de um carro de Fórmula 1 na forma de um dragão correndo pelas nuvens”, informou a McLaren.

McLaren utilizará pinturas únicas pelo quarto ano seguido na F1

As modificações especiais realizadas pela McLaren para corridas específicas faz parte da campanha Driven by Change, criada em conjunto com a parceira British American Tobacco, que exibe nos carros de Piastri e Norris a marca de cigarros eletrônicos Vuse. A escuderia britânica promove a iniciativa pelo quarto ano consecutivo.

Conforme a McLaren, a campanha celebra os ‘criativos emergentes através da plataforma global do automobilismo, oferecendo oportunidades para mostrar suas obras de arte inovadoras ao mundo’.

O artista MILTZ comemorou a oportunidade de colocar a sua marca no carro da McLaren. “Quando me tornei um artista freelancer, nunca pensei que uma oportunidade como esta fosse possível. Este é o maior projeto internacional que já fiz. À medida que continuo a construir o meu perfil como artista, quero que o meu trabalho artístico defenda as ricas tradições da cultura da escrita japonesa, como o Edomoji, mas com um toque moderno”, definiu. 

No ano passado, a McLaren teve pinturas únicas nas etapas de Silverstone, Mônaco, Barcelona, Abu Dhabi, Las Vegas, Singapura e Japão.

Comentários

Loading…

Pierre Gasly, Red Bull, Fórmula 1

Gasly revela detalhes de conversas sobre renovação com Alpine

GP da Austrália 2024, Fórmula 1

Veja a lista dos cinco maiores bilionários da Fórmula 1