in

Hamilton revela detalhe de capacete para temporada 2024 

Lewis Hamilton terá 24 corridas para mostrar serviço em despedida junto à Mercedes, antes de rumar para a Ferrari

Hamilton terá salário astronômico na Ferrari
X.com/Mercedes

Maior campeão da história da Fórmula 1 ao lado do lendário Michael Schumacher, Lewis Hamilton vivenciará uma temporada diferente em 2024 defendendo as cores da Mercedes pela última vez, antes de rumar para a Ferrari. Nesta quarta-feira (28), o britânico apresentou o seu novo capacete. O modelo segue o padrão dos últimos anos: cor roxa predominante com as sete estrelas na lateral.

Em post nas redes sociais da escuderia, o novo artigo de corrida do heptacampeão foi revelado, e deixou os fãs em polvorosa. Vale lembrar que em alguns GPs específicos, como por exemplo, em Interlagos, Hamilton faz uso de um capacete que homenageia o Brasil, país no qual tem forte identificação, e já ganhou o título de cidadão.

Ao todo, Lewis Hamilton terá 24 corridas antes de se transferir oficialmente para a Ferrari, no negócio que foi a grande surpresa do mercado de pilotos no início deste ano, antes da temporada ser iniciada. A movimentação impactou em decorrência do britânico ainda ter vínculo junto à Mercedes até o final de 2025.

Felipe Massa fala sobre ida de Hamilton para a Ferrari

Em entrevista ao jornal “Corriere dello Sport”, o ex-piloto Felipe Massa foi questionado sobre a decisão de Hamilton rumar ao time italiano, classificando como excelente cartada do time de Maranello. Ainda segundo o brasileiro, a sombra do heptacampeão não deve atrapalhar Charles Leclerc, piloto prioritário na escuderia no pleito com o espanhol Carlos Sainz.

“Ótima jogada, Hamilton é um piloto fantástico, quase todos os recordes da F1 são dele. Se Leclerc quer ser campeão não deve ter medo de ninguém. Ayrton Senna brigou com Alain Prost até que o empurrou para outro lugar”, pontuou Massa, emendando na sequência sobre o quadro de Carlos Sainz, que terá de buscar uma nova equipe a partir do próximo ano, mas antes disso cumprirá o cronograma junto à Ferrari.

“Ter um Sainz em declínio não é conveniente para a própria Ferrari que precisa de pontos para o campeonato de construtores. Carlos respeitará a equipe porque tem uma reputação a defender, e nenhuma equipe quer um piloto que cause problemas”, encerrou Massa.

Avatar

Escrito por Cido Vieira

Comentários

Loading…

Red Bull Racing

Ex-piloto da Red Bull diz se caso Horner vai atrapalhar equipe

Toto Wolff aponta ponto forte da Red Bull para a temporada 2024