in

Bagnaia abre o jogo e aponta momento decisivo na luta pelo título

Bagnaia sofreu acidente em reta decisiva da temporada e encontrou dificuldades para recuperar o ritmo em meio às dores

bagnaia-motogp
Francesco Bagnaia (Divulgação - MotoGP)

Bicampeão consecutivo da MotoGP, o italiano Francesco Bagnaia encontrou dificuldade de ficar com o título em 2023, mas venceu o pleito acirrado contra Jorge Martín, com o campeonato sendo decidido na última prova. Um dos pontos emblemáticos na conquista do piloto da Ducati se deu após o acidente sofrido na Catalunha, algo que ele considera como momento crucial.

Na oportunidade, Bagnaia acabou escapando de fraturas após ser sido atropelado em uma queda na pista durante o GP da Catalunha. Apesar de ter saído com um cenário bem mais positivo do que se imaginava por conta da gravidade do acidente, o italiano encontrou dificuldades para andar nos dias seguintes ao ocorrido, e teve que intensificar os trabalhos, convivendo com muitas dores.

Mesmo estando longe do ideal fisicamente, Francesco Bagnaia foi para o sacrifício, e conseguiu dois pódios nas provas consecutivas, em Misano, na Itália, e na Indonésia. Nestes circuitos, Jorge Martín venceu a Sprint e corrida principal na Velha Bota, e chegou a estar liderando na Indonésia.

“[A Catalunha] foi um momento complicado. Acordei no dia seguinte e estava muito arrasado, não pude fazer nada, mas começamos a reabilitação imediatamente e fizemos o máximo para estarmos prontos para Misano, apenas cinco dias depois”, iniciou Bagnaia, em entrevista ao Speedweek.com.

“Conseguimos chegar à primeira linha do grid e ao pódio em ambas as corridas – e, portanto, perdemos apenas 14 pontos [para Martin] em vez de 37, o que fez a diferença no final. Acho que esta corrida foi crucial”, complementou Bagnaia.

A reta final da temporada na MotoGP ficou eletrizante, com Jorge Martín chegando a liderar o campeonato após ter vencido a sprint race da Indonésia. Na oportunidade, o espanhol abriu sete tentos, mas foi superado no dia seguinte, após Bagnaia vencer a corrida principal.

No pleito pelo título, os dois pilotos chegaram ao GP de Valencia, que marcou o encerramento da temporada, separados por 14 pontos, e com a disputa em aberto matematicamente. Mais regular, Bagnaia conseguiu o segundo lugar, enquanto Martín acabou caindo depois de choque com Marc Márquez.

Avatar

Escrito por Cido Vieira

Jornalista graduado no Centro Universitário Uninter. Trabalha no Torcedores.com desde 2017, desempenhando a função de redator. Setorista do futebol pernambucano em rádios locais e um verdadeiro apaixonado pelo futebol e o automobilismo

Comentários

Loading…

Jaume Masià

Campeão da Moto3, Jaume Masià faz balanço da temporada: “Questionei se era mesmo meu ano”

Vasseur, Ferrari chefe

Vasseur comenta investigação da FIA contra Toto Wolff e faz reflexão: “Até a Red Bull o apoiou”