in

Jonathan Rea abre o jogo sobre pressão na Yamaha

Jonathan Rea enfrentou muitos problemas com a moto na abertura da temporada e agora espera reação imediata na Espanha

Jonathan Rea projeta reação na Yamaha
(Reprodução - Instagram - Jonathan Rea)

A abertura de temporada 2024 da SBK para Jonathan Rea, da Yamaha, não foi das melhores. No circuito de Philip Island, no último mês, o britânico de 37 anos, amargou o 17º lugar na Corrida 1, e ficou de fora Corrida 2, após abandono.

Passada a frustração pelo rendimento aquém das expectativas, o experiente piloto já prospecta uma remontada para o circuito da Catalunha, que ocorre neste próximo final de semana. Segundo Jonathan Rea, os problemas da Austrália não vão se repetir, dado o empenho da equipe nos bastidores para contornar a situação.

“Conseguimos realmente começar a trabalhar sem grandes problemas. Testamos algumas coisas consecutivamente e encontramos alguns pontos positivos e negativos claros, mas conseguimos marcar a maioria das coisas na lista, bem como algumas opções de pneus para o fim de semana de corrida, incluindo uma opção de pneu dianteiro da Pirelli”, iniciou o piloto da Yamaha.

“Também consegui fazer uma simulação de corrida tanto para a Superpole Race quanto para a corrida longa. É muito difícil comparar, mas foi muito competitivo e pode ter um ritmo de corrida rápido em comparação com o ano passado. Com essas informações e como estavam as condições da pista hoje, pelo menos temos bons dados para tentar melhorar”, seguiu Jonathan Rea.

Ainda na entrevista, o britânico fez questão de destacar todo o apoio recebido pelo time da Yamaha nos bastidores. O bom relacionamento faz com que ele imagine cenários positivos para a escuderia futuramente.

“Desde que entrei, Paul Denning tem sido incrível. Você acha que os problemas e resultados que tivemos no pessoal de Phillip Island seriam um pouco monótonos. É onde senti que estava a força da minha equipe anterior, onde você acha que as fichas estão em baixa e as pessoas começam a olhar para você para fazer a diferença”, completou Jonathan Rea.

Avatar

Escrito por Cido Vieira

Comentários

Loading…

Engenheiro da Mercedes reconhece erro com Lewis Hamilton na última prova da F1

Fermin Aldeguer, piloto espanhol da Moto2

Ducati anuncia contratação de estrela da Moto2 para 2025