in

Christopher Bell vence etapa da Nascar em Phoenix

Piloto norte-americano da Joe Gibbs Racing foi o vitorioso da quarta corrida da temporada da Nascar Cup Series

Christopher Bell, piloto da Nascar
Christopher Bell, piloto da Nascar (Reprodução/NBC)

Na quarta rodada da Nascar Cup Series, Christopher Bell levou a melhor. O piloto de 29 anos foi o vitorioso neste domingo (10), em Phoenix Raceway. Com o resultado, o automobilista da Joe Gibbs Racing fica próximo de se garantir nos playoffs no fim da temporada.

Na segunda colocação, terminou Chris Buescher. Ty Gibbs finalizou em terceiro lugar. Brad Keselowski e Ryan Blaney completaram o top-5 da corrida da Nascar em Phoenix.

Christopher Bell aproveitou bem seu pit stop, restando 96 voltas para o fim da corrida. O vencedor da etapa de hoje (10) liderou 50 das 312 voltas da prova, triunfando pela primeira vez no oval de uma milha no Arizona, além de comemorar a sétima vitória da carreira.

Toyota quebrou sequência da Chevrolet na Nascar

Bell conduziu a Toyota à sua primeira vitória no ano na Nascar, depois dos três triunfos consecutivos da Chevrolet com William Byron, Daniel Suárez e Kyle Larson.

“Você não recebe carros assim com muita frequência, como você sabe. Simplesmente super, super orgulhoso. Orgulho de estar neste carro 20. Este Rheem Camry foi incrível hoje. Sinto que temos capacidade de realizar muitas corridas como esta. Esperamos que esta [vitória] seja a primeira de muitos deste ano”, declarou Christopher Bell, ao site da Nascar.

A pole position foi de Denny Hamlin, que esteve na frente por 68 voltas. Porém, uma rodada na 214ª volta fez com que perdesse colocações, encerrando a etapa na 11ª posição.

Ontem (9), na Nascar Xfinity Series, a vitória em Phoenix foi de Chandler Smith, que ganhou pela segunda vez na carreira. A próxima rodada da Nascar Cup Series será em Bristol Motor Speedway, no domingo que vem (17).

Comentários

Loading…

MotoGP

MotoGP pode retornar ao Brasil com autódromo de Goiânia, revela Fausto Macieira

Max Verstappen, Fórmula 1

Em meio às declarações de Toto Wolff, Horner avisa que não pode forçar Verstappen a permanecer na Red Bull