in ,

Em Rivera, Rafael Suzuki conquista primeira vitória no TCR Brasil Banco BRB

Brasileiro Raphael Reis sai da etapa de Rivera na liderança do campeonato

O brasileiro Rafael Suzuki conseguiu sua primeira vitória no TCR Brasil Banco BRB. Foi na segunda corrida da segunda etapa em Rivera, no Uruguai. Com o grid invertido da classificação, ele largou na pole e liderou todas as voltas da corrida, sem ser ameaçado pelos rivais. Juan Manuel Casella foi o segundo, com Nacho Montenegro em terceiro, Raphael Reis em quarto e Fabian Yannantuoni na quinta posição.

“Estou muito feliz. Quem acompanhou o fim de semana, sabe que tivemos um motor quebrado no treino 1, tivemos de trocar para a classificação, os caras tiveram de trabalhar três vezes mais para poder participar. E isso só aumenta o sabor da primeira vitória. Poderíamos tentar a pole, mas estudamos o regulamento. Minha primeira vez no Uruguai, minha primeira vitória no TCR, vou para casa com um troféu”, disse Rafael Suzuki.

No campeonato, Raphael Reis é o líder, com 96 pontos, quatro à frente de Nacho Montenegro. O uruguaio Juan Manuel Casella é o terceiro colocado, com 89 pontos, seguido pelo brasileiro Pedro Cardoso, com 78. Galid Osman, que chegou na liderança e teve duas corridas acidentadas em Rivera, fecha a lista dos cinco primeiros com 68.

“O fim de semana começou bem, com liderança nos treinos, mas no quali perdemos terreno e, nas corridas, ficou mais complicado. Batalhamos bem nas duas provas, mas nosso CUPRA não tinha a melhor velocidade em reta e isso nos complicou. Vamos avaliar os dados todos e trabalhar para reagir já na próxima etapa, que será uma corrida grande pelo World Tour. Fico contente pela liderança no Brasileiro, pois recompensa o esforço de todos na equipe W2 Pro GP”, disse Raphael Reis.

A corrida

Na segunda corrida, o pole Rafael Suzuki manteve o primeiro lugar, com Bernardo Llaver, que não disputa o TCR Brasil, em segundo, e Frederick Balbi caindo para terceiro. Líder do campeonato, Raphael Reis se manteve na quinta posição, mas Galid Osman caiu para o nono lugar.

Na segunda volta, Galid Osman iniciou sua recuperação e ultrapassou Damian Fineschi para ganhar a oitava posição. Na frente, Balbi pressionava Llaver, permitindo que Juan Manuel Casella e Raphael Reis também chegassem na disputa pelo segundo lugar.

Galid Osman tentou a ultrapassagem sobre Pedro Cardoso no fim da reta oposta na quarta volta, mas os dois se tocaram e ambos perderam muitas posições. Galid, inclusive, teve de abandonar a corrida. Quase ao mesmo tempo, os comissários esportivos anunciaram um drive through para o carro de Diego Nunes.

Bernardo Llaver e Frederick Balbi seguiam brigando pela segunda posição na quinta volta, permitindo que Rafa Suzuki abrisse quase dois segundos de vantagem na liderança da segunda corrida do dia. Raphael Reis também pressionava muito o rival Casella em busca da quarta posição, mas não conseguia encontrar um ponto de ultrapassagem.

Na nona volta, Guilherme Reischl deu uma escapada no miolo do circuito, mas conseguiu evitar o choque com a barreira de pneus e voltou à corrida sem necessidade da entrada do carro de segurança. Duas voltas depois, Adalberto Baptista passou reto na curva do fim da reta oposta, mas também conseguiu voltar à corrida.

Raphael Reis partiu para cima de Juan Manuel Casella no fim da 12ª volta. Após três curvas lado a lado, Reis acabou levando a pior na disputa: não só não conseguiu passar o uruguaio como ainda perdeu posições para Juan Pablo Bessone, Damian Fineschi e Nacho Montenegro, que vinham logo atrás, caindo de quinto para oitavo.

Na abertura da 17ª volta, Nacho Montenegro atacou Damian Fineschi aproveitando o erro do compatriota para ganhar a sexta posição. Raphael Reis pegou carona e completou a manobra na freada para a curva 1, recuperando a sétima posição na segunda corrida do dia.

Pouco depois, Diego Gutiérrez bateu forte na barreira de pneus e Guilherme Reischl parou fora da pista, após um toque entre ambos em uma disputa de posição. Com isso, a direção de provas colocou o carro de segurança na pista a pouco mais de cinco minutos do fim da corrida.

Com isso, Rafael Suzuki conseguiu sua primeira vitória no TCR Brasil Banco BRB, na segunda corrida da etapa de Rivera, com Juan Manuel Casella em segundo, Nacho Montenegro em terceiro, Raphael Reis em quarto e Fabian Yannantuoni na quinta posição. Na Copa Trophy, vitória de Enrique Maglione, que chegou no 13º lugar no geral.

Avatar

Escrito por Ferrari Promo

Comentários

Loading…

Fórmula Indy

Newgarden fala sobre desempenho na vitória da primeira corrida em Iowa

F4 Italiana: em Paul Ricard, Aurelia Nobels faz top 15 e vence duas entre as mulheres