in

Fórmula 1: Aston Martin precisa melhorar, admite Fernando Alonso 

Fernando Alonso, piloto da Aston Martin na Fórmula 1
Fernando Alonso disputa a Fórmula 1 pela Aston Martin (foto: reprodução/Aston Martin)

A Aston Martin foi uma das surpresas da Fórmula 1, no ano passado, e criou expectativas sobre o que pode fazer, na temporada 2024. Após três provas, a escuderia do investidor Lawrence Stroll marcou 25 pontos. 

Neste domingo (24), os pilotos Fernando Alonso e Lance Stroll terminaram o Grande Prêmio da Austrália dentro da zona de pontuação. O espanhol ficou em 8° lugar depois de ser punido por causa de um acidente sofrido por George Russell. 

“Foi um fim de semana difícil para nós em termos de ritmo. Na corrida, tivemos sorte com o Safety Car. Os pit stops foram ótimos. Graças à estratégia e um pouco de sorte, maximizamos os pontos, mas não podemos esquecer que o ritmo foi difícil”, declarou Fernando Alonso. 

Apesar dos elogios, o competidor bicampeão da Fórmula 1 analisou que a Aston Martin pode ser mais competitiva. 

“Precisamos entender mais. O ano passado também foi um pouco inferior, na Austrália, em comparação com a outra corrida. Por isso precisamos melhorar”, completou. 

Lance Stroll, por sua vez, terminou o GP da Austrália na 6ª posição. “Foi uma corrida muito solitária, mas é bom somar pontos”, observou. 

O chefe da equipe, Mike Krack, também avaliou a prova. “Foi uma corrida forte em que marcamos 12 pontos. Crédito total para ambos os pilotos que converteram nossas posições no grid em pontos, fazendo uso de duas estratégias de pneus muito diferentes”, destacou. 

“Stroll dirigiu bem durante todos os dias e levou essa forma até o final. A corrida de Alonso foi beneficiada pelo Safety Car”, prosseguiu Krack. 

“Foi surpreendente vê-lo cair para o oitavo lugar com a punição pós-corrida, mas temos que aceitar a decisão”, disse.  

“Isso não irá desviar a atenção de um dia positivo. As decisões do pit wall foram certeiras e operacionalmente toda a equipe tem sido excelente”, concluiu. 

Próxima etapa da Fórmula 1

A temporada 2024 da Fórmula 1 recomeça daqui a duas semanas. O Grande Prêmio do Japão está marcado para ocorrer de 4 a 7 de abril. 

O calendário é formado por três sessões de treino livre, uma sessão de treino classificatório para formar o grid de largada, além do evento principal: a corrida.

Comentários

Loading…

Oscar Ulisses, narrador esportivo

Oscar Ulisses fala sobre o futuro da Fórmula 1 no Brasil

Daniel Ricciardo, piloto da Visa RB na Fórmula 1

Ricciardo avalia início de temporada sem pontos na Fórmula 1