in

Charles Leclerc deve renovar com a Ferrari e com um aumento substancial de salário

Piloto monegasco também pode receber um contrato de longo prazo

Charles Leclerc, Ferrari
Charles Leclerc (Reprodução / X - Ferrari

A Ferrari ficou em terceiro no Campeonato Mundial de Construtores da Fórmula 1, ficando apenas três pontos atrás da Mercedes. Curiosamente, também foram os italianos que impediram a Red Bull de ganhar todas corridas de 2023. Assim, tudo indica que a equipe está contente com seus pilotos após rumores alegarem que Charles Leclerc está perto de uma renovação contratual.

Enquanto Leclerc ficou com a quinta posição no Mundial de Pilotos, Sainz terminou na sétima. No entanto, o espanhol conquistou uma vitória na temporada. Por outro lado, Leclerc acumulou três segundos lugares durante todo o ano.

Agora, segundo relatórios do jornal italiano La Gazzetta dello Sport, o piloto de 26 anos pode estar bem perto de ter seu contrato renovado. Dessa forma, ele receberia um grande aumento salarial e um contrato de longo prazo com a Ferrari.

De acordo com o jornal, Charles Leclerc assinaria um acordo de cinco anos. Assim, ele permaneceria na Scuderia até o final da temporada de 2029. Além disso, o diário também estipula que o automobilista ganhe cerca de US$ 25 milhões por temporada. Com esse valor aumentando de forma constante, o Gazzeta afirma que o monegasco ganhará quase US$ 50 milhões por temporada no último ano do contrato.

Isso, inclusive, é facilmente comparável com o salário de Max Verstappen na Red Bull, com o lucrativo acordo do tricampeão mundial previsto para expirar somente no final da temporada de 2028.

Vale lembrar que o contrato de cinco anos de Leclerc expira no final da próxima temporada. Desse modo, faz muito sentido que sua renovação aconteça em breve, ainda mais com os italianos se mostrando satisfeitos com seu desempenho.

Charles Leclerc vive período sem vitórias

Em 2024, a Ferrari completará 16 temporadas sem conseguir conquistar um Campeonato Mundial. Por sua vez, Charles Leclerc também passa por um período de seca, com sua última vitória acontecendo no Grande Prêmio da Áustria de 2022.

Por fim, o jornal italiano ainda informou que caso os italianos não estejam em condições competitivas após três anos do novo contrato, uma cláusula de rescisão poderá ser acionada, rescindindo o contrato de forma antecipada.

Comentários

Loading…

Oscar Piastri e Lando Norris, McLaren

Chefe da McLaren fala sobre lado negativo de contar com dois pilotos competitivos na equipe

Foto de Lando Norris no GP de Abu Shabi da F1 para representar o piloto da McLaren que condenou decisão da Fórmula sobre nova regra de ultrapassagem

Lando Norris se surpreende com a evolução da McLaren em 2023