in

Chefe da Ferrari cita evolução e pontos fracos na Fórmula 1: “Precisamos melhorar”

Carros da Ferrari na Fórmula 1
Ferrari está na briga pelo título do campeonato de construtores da Fórmula 1 (foto: transmissão/F1)

A Ferrari marcou 27 pontos no Grande Prêmio do Japão, porém viu a Red Bull Racing (RBR) aumentar a diferença, no torneio de construtores da Fórmula 1 após Max Verstappen e Sergio Pérez fazerem dobradinha.  

Apesar do resultado, o chefe da escuderia italiana, Fred Vasseur, comemorou. De acordo com o profissional, os pilotos Carlos Sainz e Charles Leclerc tiveram um bom comporamento, no circuito de Suzuka. 

“A estratégia foi boa para ambos. A defesa da posição na pista foi boa, a gestão dos pneus ficou sob controle, os pit stops foram perfeitos e o ritmo foi bom”, iniciou. 

“Se precisarmos de mudar as coisas, devemos melhorar no dia do treino classificatório e não na corrida. Fizemos um bom trabalho de equipe”, acrescentou. 

O GP do Japão foi a quarta etapa da Fórmula 1 da atual temporada. Mesmo no início, a Ferrari já mostrou crescimento, segundo Fred Vasseur. 

“Conseguimos fazer a volta mais rápida na última volta em Jeddah e Melbourne. Acho que conseguimos fazer isso hoje também, ficando 0,1 centésimo de segundo atrás”, destacou. 

“Acho que demos um passo muito bom nesta corrida. Trabalhamos duro em nossos pontos fracos. Melhoramos muito em termos de gerenciamento de pneus, pilotos, estratégia e equipe”, reforçou Vasseur. 

Depois dos elogios, o chefe da Ferrari destacou que a escuderia precisa melhorar. “Sim, temos outros pontos fracos no momento”, declarou. 

“Acho que a gestão dos pneus está sob controle neste momento. Mas o que é certo na gestão dos pneus num dia não é certo no dia seguinte. Portanto, não podemos pensar que resolvemos este problema”, alertou. 

Fórmula 1 segue na Ásia

Após ser disputada no Japão, a principal categoria de automobilismo do mundo agora vai para a China. O grande prêmio do país asiático está marcado para ocorrer de 19 a 21 de abril. 

“Vai ser uma nova pista com condições climáticas diferentes. Será um novo desafio. Teremos a oportunidade de testar em condições mais frias na China”, destacou Vasseur. 

“Não sei o que pode acontecer porque só tivemos o TL3 no Japão em condições mais frias. Não tenho certeza se estamos em uma posição melhor”, finalizou o chefe da Ferrari. 

O GP da China marca a realização da primeira sprint race, na temporada 2024 da Fórmula 1. Veja a agenda completa a seguir: 

19 de abril 

  • Treino Livre – 00h30 
  • Treino classificatório sprint race – 4h30 

20 de abril 

  • Sprint race – 0h 
  • Treino classificatório – 4h 

21 de abril 

  • Corrida principal – 4h

Comentários

Loading…

Jack Doohan, piloto reserva da Alpine na Fórmula 1

Jack Doohan garante: “Estou confortável num carro de Fórmula 1”

Helmut Marko alfineta Lewis Hamilton

Helmut Marko nega rumores de que Sebastian Vettel substituiria Sergio Pérez na Red Bull