in

Fórmula 1: Red Bull garante Pérez em 2024 e define condição para renovar contrato 

Sergio Pérez é o atual vice-campeão da Fórmula 1
Sergio Pérez é o atual vice-campeão da Fórmula 1 - foto: divulgação/F1

Sergio Pérez encerrou a temporada 2023 com o vice-campeonato da Fórmula 1. Entretanto, conviveu com questionamentos. Uma possível demissão não vai ocorrer até o ano que vem. É o que garantiu o chefe da Red Bull Racing (RBR), Christian Horner.

Em declarações reproduzidas pelo site Motorsport, o dirigente assegurou a permanência do mexicano, mas deixou claro que há condições para que o contrato seja renovado. 

“Ele é quem estamos apoiando. Ele é nosso piloto de 2024. E se ele fizer um ótimo trabalho no próximo ano, não há razão para não o manter até 2025”, iniciou.  

“Mas seria puramente baseado no que ele alcançar durante o que será uma grande parte da temporada”, acrescentou. 

Horner também reconheceu que é difícil ser companheiro de Max Verstappen. O holandês é o atual tricampeão da Fórmula 1. A diferença de pontuação para com os rivais aumentou nos últimos anos. 

“Você precisa ter uma certa determinação e personalidade para estar preparado e enfrentá-lo”, afirmou.

“Mas à medida que o campo converge, é inevitável que você queira que seus dois carros estejam o mais próximos possível”, analisou o chefe da Red Bull.

Pérez necessita ser mais regular, segundo Horner

De acordo com Christian Horner, o piloto mexicano não apresenta o mesmo desempenho nas corridas e treinos classificatórios. 

“O seu ritmo de corrida tem sido muito forte em muitas ocasiões. O desempenho na qualificação é provavelmente a área em que ele precisa se concentrar”, avaliou. 

“Mas ele está perfeitamente ciente de que precisa melhorar sua média de classificação, para não ter que começar de tão longe”, declarou.

Piloto fez boas corridas de Fórmula 1, em 2023, diz dirigente

Horner ainda deu exemplos dos bons serviços feitos por Sergio Pérez, na temporada 2023 da Fórmula 1.  

“Acho que se trata de confiança no final do dia. É ser capaz de extrair o máximo de uma única volta, no ponto mais alto de aderência que você tem com um novo jogo de pneus. E no início [do ano], ele estava fazendo isso muito bem”, destacou. 

“Se você olhar no Bahrein, ele foi rápido. Se você olhar para suas primeiras corridas, sua classificação na Arábia Saudita com uma pole lá. No Azerbaijão, ele se destacou durante todo o fim de semana. Miami também na classificação”, listou o chefe da equipe taurina. 

“Então as coisas começaram a degringolar a partir daí. Mas acho que é uma área na qual ele vai se concentrar muito, porque sabe que é um elemento crucial para ele no próximo ano”, finalizou o dirigente de Fórmula 1. 

Comentários

Loading…

Gabriel Bortoleto venceu o título da Fórmula 3 na temporada 2023

Gerente da Trident elogia Gabriel Bortoleto por título na Fórmula 3: “Trabalho incrível”

Fernando Alonso Aston Martin

Diretor faz balanço da temporada 2023 da Aston Martin: “Foi uma surpresa”