in

Horner chama Verstappen de “máquina” após duas vitórias em um dia; entenda

Max Verstappen, da Red Bull
Créditos: Divulgação / Foto quadrada do perfil Oracle Red Bull Racing, via 'X'

O chefe da Red Bull, Christian Horner, chamou Max Verstappen de “máquina de corrida” depois que o holandês venceu o Grande Prêmio de Ímola da Fórmula 1 e a corrida das 24 Horas de Nurburgring no mesmo dia.

A agenda ocupada de relações públicas e engenharia de Verstappen em Ímola não o impediu de competir na divisão superior do endurance de Nurburgring do iRacing com sua equipe de simulação Team Redline.

Depois de conquistar a pole na Itália no sábado (18), ele fez um período de três horas no seu simulados a noite, acrescentando mais duas horas na manhã de domingo (19) para ajudar o seu BMW GT3 a vencer o evento.

Horner disse que não acreditou em Verstappen levando suas corridas simuladas tão a sério em um fim de semana de Grande Prêmio.

“Ele é basicamente uma máquina de corrida, então muitas vezes ele testa configurações diferentes à noite e esse tipo de coisa, então não é incomum que ele faça isso. Ele venceu duas corridas. Uma em um BMW M3 e outra em um carro de Fórmula 1. Você ouviu o que isso significou para ele. Para a pole position, ele realmente teve que cavar muito fundo e o desempenho novamente hoje foi uma aula magistral”, disse Horner sobre Verstappen após o GP em Ímola.

Verstappen segurou Lando Norris em Ímola e Horner explicou dificuldades

Max Verstappen foi colocado sob pressão de Lando Norris nos momentos finais da corrida na Itália, com o holandês lutando para manter os pneus duros na temperatura certa.

“Na primeira passagem pelo médio parecia que tínhamos tudo sob controle. Depois que trocamos para o pneu duro, a primeira metade do trecho foi absolutamente boa, mas começamos a perder temperatura no pneu e com isso desempenho”, destacou Horner, que seguiu.

“A outra coisa que tornou tudo particularmente estressante no final da corrida foi que Max já havia sofrido três rebatidas nos limites da pista, então Max não podia se dar ao luxo de cometer um único erro nos limites. Ele teve um desempenho brilhante, então, apesar da pressão significativa, ele foi capaz de administrar e manter Lando fora do DRS.”

Avatar

Escrito por Matheus Camargo

Comentários

Loading…

Max Verstappen, da Red Bull

Imprensa internacional elege novo adversário de Max Verstappen

Marc Márquez no box da Ducati

Marc Márquez cai durante treinamento na MotoGP e se machuca