in

Pai de Carlos Sainz admite “preocupação” com futuro de filho na Fórmula 1

Segundo rumores, pilotos espanhol estaria sendo objeto de interesse da Red Bull, da Mercedes e da Sauber; leia mais

Carlos Sainz
Reprodução/F1

O pai de Carlos Sainz reconhece que está preocupado com o futuro do piloto da Ferrari na Fórmula 1. A atual forma do espanhol é tão impressionante que até agora ele está superando seu companheiro de equipe Charles Leclerc – que fará par com o substituto de Sainz no próximo ano, Lewis Hamilton.

“Acho que, por ele estar deixando a Ferrari, ele ficou mais relaxado. Creio que o Carlos está muito motivado para mostrar a excelente velocidade que está a demonstrar para conseguir a melhor oferta para o próximo ano”, disse o ex-piloto de F1 Vitaly Petrov.

Por enquanto, o chefe da Ferrari, Frederic Vasseur, está minimizando a noção de que ele pode ter selecionado o atual piloto errado da Ferrari para fazer dupla com Hamilton. “Não há conclusões a tirar”, disse ele quando questionado sobre a forma atual de Leclerc.

“Charles é um lutador e você não pode ficar feliz se seu companheiro estiver na frente, mas ele só terminou a um décimo da segunda fila na qualificação, o que não é um desastre. Não é como se ele estivesse errado nem por meio segundo”, acrescentou Vasseur.

Quanto a Leclerc, ele insiste que não é pressão ou falta de ritmo, mas uma luta para aquecer os pneus para a última volta de qualificação. “Isso é um pouco estranho, porque até agora nunca tive que me concentrar na qualificação porque esse era um dos nossos pontos fortes. Mas não é o desempenho em si que está errado, é apenas o aquecimento dos pneus que tem me causado problemas ultimamente”, explicou.

Sainz está ligado à Red Bull, à Mercedes, mas também à Sauber, de propriedade da Audi. “As pessoas já sabem o quanto estou disponível e quão rápido sou. É uma pena não continuar no próximo ano, tendo em conta o quão bons somos com a Ferrari, com os mecânicos e os engenheiros. Isso me deixa um pouco irritado”, admite Sainz.

O pai de Sainz esteve nos Grandes Prêmios deste ano para ajudar nas oportunidades para 2025, mas ele esteve ausente em Suzuka enquanto participava do rali Transibérico ao volante de um Mini. Enquanto esteve em Portugal para esse evento, Carlos Sainz Senior disse sobre o filho: “Ele é muito forte, sim, mas neste momento ainda não temos certeza do que vai acontecer com o seu futuro. Isso é o que mais me preocupa. Pelo menos Carlos está enviando muitas mensagens muito boas e esperamos que tenham efeito”, concluiu.

Arthur Santos Eustachio

Escrito por Arthur Santos Eustachio

Meu nome é Arthur Santos Eustachio. Sou formado em Jornalismo pela Cásper Líbero.

Atuo como produtor de conteúdo para sites e mídias digitais. Escrevo notícias sobre esportes em geral - hoje principalmente na área de automobilismo: Fórmula 1, MotoGP e Nascar. Já trabalhei na 365Scores e como administrador de páginas esportivas.

Meus esportes favoritos são futebol, tênis, basquete e Fórmula 1. Minhas maiores referências são Cristiano Ronaldo, Novak Djokovic e Max Verstappen.

No mais, curto ler, ouvir música, assistir filmes e, claro, praticar esportes.

Comentários

Loading…

Red Bull

Red Bull alcança mais uma marca importante no GP do Japão

Andrea Stella. chefe da McLaren

Stella defende estratégia adotada pela McLaren no GP do Japão