in

Toto Wolff compara Mercedes com rivais na Fórmula 1 e se decepciona

O resultado da Mercedes, no GP de Ímola, está longe de ser o de uma equipe que venceu oito títulos seguidos de construtores da Fórmula 1

Toto Wolff, chefe da Mercedes
Toto Wolff chefia a equipe de Fórmula 1 da Mercedes (foto: reprodução/F1)

O resultado da Mercedes, no GP de Ímola, nem parece o de uma empresa que, recentemente, conquistou oito títulos seguidos do campeonato de construtores da Fórmula 1. Os pilotos Lewis Hamilton e George Russell ficaram em 6° e 7° lugares respectivamente.  

A desvantagem em relação ao vencedor da etapa, Max Verstappen, e outras equipes como McLaren e Ferrari incomodou o chefe da escuderia, Toto Wolff. 

“Você não pode ver pelos resultados que estamos dando passos rumo à direção em que queremos que o carro esteja”, iniciou o dirigente, em entrevista ao canal Sky Sports. 

“Estamos a mais de 30 segundos dos adversários mais rápidos. E isso é muito. O 6º e o 7º lugares não são motivo de orgulho para nós”, acrescentou. 

“Você pode ouvir a decepção em minha voz, porém há mais por vir. Temos ganhos a obter. É assim que os esportes funcionam”, prosseguiu. 

Toto Wolff também analisou o desempenho estratégico da Mercedes, na corrida de Fórmula 1.  

“Os tempos por volta estavam ficando mais lentos e previmos que ele (Russell) não iria até o fim. Não queríamos perder a posição para Pérez”, explicou. 

“As previsões diziam que faltavam três ou quatro voltas. Hamilton provavelmente ultrapassado de qualquer modo”, analisou. 

“O mais importante é que estávamos correndo para o 6° e o 7° lugares e queríamos manter a Red Bull atrás. Foi uma decisão de segurança”, prosseguiu. 

Toto Wolff comemora ponto extra 

A Mercedes obteve um ponto extra. George Russell cravou a volta mais rápida do GP de Ímola, depois de acelerar para 1:18.589. O segundo mais veloz da prova foi Fernando Alonso. 

“Isso foi ótimo. Fernando Alonso errou. Ele tentou, mas não conseguiu. Então isso é bom”, concluiu Toto Wolff. 

Quando a Fórmula 1 recomeça? 

A Fórmula 1 recomeça nesta semana. O GP de Mônaco está marcado para ocorrer de sexta-feira até domingo (de 24 a 26 de maio de 2024). 

Comentários

Loading…

McLaren revela erro que “custou vitória” em Ímola

Carro de Lewis Hamilton, na Mercedes

Lewis Hamilton desabafa sobre fase da Mercedes: “Terra de ninguém”