in

Felipe Drugovich é o mais rápido do rookie test da Fórmula E em Roma

O atual campeão da Fórmula 2 novamente foi o mais rápido em uma sessão de teste para novatos na categoria de carros elétricos

Portrait, Helmets, people Felipe Drugovich, Maserati MSG Racing

Nesta sexta-feira (14) a Fórmula E realizou mais um rookie test, uma sessão de treinos para pilotos novatos, e novamente o brasileiro Felipe Drugovich teve a oportunidade de pilotar o GEN3 da Maserati e terminou com o melhor tempo, repetindo o feito dos testes realizados meses atrás em Berlim.

O atual campeão da Fórmula 2 figurou na primeira posição no meio do treino, foi aos boxes em duas oportunidades – quando teve seu tempo superado, caindo para a sétima posição – e nos segundos finais da sessão cravou o tempo de 1min43s736, 312 milésimos de segundo mais rápido que o sul-africano Sheldon Van Der Linde (Jaguar TCS Racing), o segundo colocado. Luca Ghiotto (Nissan), Charlie Eastwood (NEOM McLaren) e Yann Ehrlacher (DS Penske) completaram o top-5.

Esse foi o segundo treino da Fórmula E nesta temporada destinado a pilotos novatos, que nunca correram na categoria de carros elétricos. Duas sessões ocorreram durante o fim de semana do mundial em Berlim, e assim como aconteceu em Roma nesta sexta, Drugovich também foi o mais rápido.

“Desde Berlim eu estava ansioso para voltar a pilotar um Fórmula E. De minha parte fiz apenas o FP0, reservado para os estreantes, e consegui me adaptar muito rápido ao ‘pacote’ mais desafiador que já andei: uma pista que pula muito, com muitas curvas rápidas e um carro com quase nenhum grip. Foi muito divertido, ainda mais terminando em primeiro novamente”, comentou Drugovich após o término do rookie test.

Nos últimos dias, aumentaram os boatos que dão conta da possibilidade de Drugovich assumir um assento na próxima temporada da Fórmula E. Atualmente o piloto brasileiro é reserva na equipe Aston Martim na Fórmula 1, e conquistou no ano passado o título da Fórmula 2 pela MP Motorsport.

A sessão realizada nesta sexta pelo Circuito Cittadino dell’EUR com os pilotos novatos não contou com a participação da Mahindra. O carro destinado ao indiano Jehan Daruvala não teve condições de ir à pista em nenhum momento durante os 30 minutos, assim como o piloto da ABT Cupra, Adrien Tambey, que usa o mesmo powertrain da Mahindra.

Dois pilotos tiveram sustos durante o treino. O chinês Ye Yifei com a TAG Heuer Porsche assumiu a liderança nos primeiros minutos, mas acabou perdendo o ponto de frenagem e por muito pouco não foi ao muro. Alguns minutos depois, foi à vez do ex-F1 Daniil Kvyat com a NIO 333 Racing escapar no mesmo ponto e também conseguiu evitar a barreira de proteção.

Neste fim de semana a Fórmula E realizará uma rodada dupla em Roma, as etapas 13 e 14 de um total de 16 provas previstas para a atual temporada. Quatro pilotos estão na busca pelo título mundial, e o campeonato no momento é liderado pelo britânico Jake Dennis (Avalanche Andretti), com apenas um ponto de diferença para o neozelandês Nick Cassidy (Envision Racing), seguidos por Pascal Wehrlein (TAG Heuer Porsche) e Mitch Evans (Jaguar TCS Racing).

A corrida deste sábado (15) será transmitida ao vivo a partir das 10h pela Band TV, enquanto a corrida do domingo (16) será exibida ao vivo também às 10h pelo BandSports.

Rodrigo Nascimento

Escrito por Rodrigo Nascimento

Comentários

Loading…

Mitch Evans

Candidatos ao título falam sobre a expectativa para fim de semana da Fórmula E em Roma

Graham Rahal

Rahal descarta possível aposentadoria da Fórmula Indy