in

Jorge Lorenzo compara disputa com Rossi e batalha entre Bagnaia e Martín

Jorge Lorenzo protagonizou pleito eletrizante com Rossi em 2015 e agora vê dois pilotos chegando à última prova em equilíbrio

Jorge Lorenzo, tricampeão mundial de MotoGP
Jorge Lorenzo, tricampeão mundial de MotoGP (Divulgação - DAZN)

A temporada 2023 da MotoGP vivencia o último capítulo neste final de semana e o pleito pelo título entre Francesco Bagnaia e Jorge Martín segue aberto, apesar de uma ligeira vantagem para o italiano. Nome exponencial na categoria, ex-piloto Jorge Lorenzo analisou o páreo entre os representantes da Ducati e Pramac, e voltou ao tempo, comparando uma disputa frenética que teve com Valentino Rossi no passado.

Em 2015, o espanhol protagonizou uma briga intensa com a lenda italiana, quando na última prova em Valencia, justamente o palco deste final de semana, conseguiu reverter uma desvantagem de sete tentos, na busca pelo tricampeonato na MotoGP.

“Essa corrida foi provavelmente a mais importante da minha vida. Eu sabia que precisava da pole position e vencer. Não foi fácil. Márquez e Pedrosa na Honda – uma moto muito curta e com grande agilidade – naquelas curvas em Valência, foram difíceis de bater”, iniciou Jorge Lorenzo.

“No momento certo, fiz a melhor volta da minha vida na qualificação. Na corrida eu liderei – como gosto! Muita tensão. Eu sabia que tinha que vencer. Eu sabia que Valentino teria dificuldades em Valência. Tudo correu como planejei”, complementou o piloto espanhol.

Por conta de incidentes no circuito anterior, em Sepang, quando foi culpado por derrubar Márquez, Rossi acabou largando na última fila do grid. Apesar de ter feito uma corrida de recuperação, o italiano não conseguiu fechar no P2, terminando a corrida na quarta colocação, o que culminou na derrocada.

Inconformado com a perda do título, Rossi disse por diversas vezes que Marc Márquez ajudou Jorge Lorenzo na conquista do título.

Na disputa de 2023, Bagnaia e Jorge Martín chegam separados por 21 pontos, condição esta que foi ampliada após o GP do Qatar, no final de semana passado. Questionado se o atual campeão poderia definir o título já na disputa da Sprint, Jorge Lorenzo rechaçou a possibilidade.

“Não creio que termine no sprint porque o Jorge é superior ao Pecco no sprint. Ele precisa vencer as duas corridas e espera que o Pecco tenha resultados muito ruins nas duas corridas. Sua única chance é fazer isso”, concluiu o espanhol.

Avatar

Escrito por Cido Vieira

Jornalista graduado no Centro Universitário Uninter. Trabalha no Torcedores.com desde 2017, desempenhando a função de redator. Setorista do futebol pernambucano em rádios locais e um verdadeiro apaixonado pelo futebol e o automobilismo

Comentários

Loading…

GP de Abu Dhabi: IA será usada pela primeira vez para determinar se pilotos excedem limites da pista

Em 8º no campeonato, Gianluca Petecof volta a Cascavel com o objetivo de brigar pelo top 5 na temporada 2023