in

Jorge Martín projeta moto de fábrica da Ducati: “Mostrei do que sou capaz”

Vice-campeão da MotoGP, Jorge Martín irá cumprir último ano de contrato com a Pramac, equipe satélite da Ducati

Jorge Martín, piloto da Pramac na MotoGP
Jorge Martín, piloto da Pramac na MotoGP (Divulgação/X Prima Pramac Racing)

Martinator nunca escondeu seu desejo de defender uma equipe de fábrica na MotoGP. Tanto que Jorge Martín esteve a um passo de assumir a moto matriz da Ducati, caso conquistasse o título mundial no ano passado.

Mesmo com o vice-campeonato, a Ducati não promoveu o espanhol de 26 anos, que seguirá na equipe satélite Pramac. A fabricante que domina o cenário atual da MotoGP optou pela manutenção de Enea Bastianini ao lado do atual bicampeão Francesco Bagnaia.

Ao cumprir o último ano de contrato com a Pramac em 2024, Jorge Martín é sincero sobre suas pretensões para o futuro. O piloto aproveitou para elogiar seu oponente na luta pelo título da MotoGP de 2023.

“Ainda é cedo, temos que esperar. A Ducati já escolheu Bagnaia, tenho certeza que ele merece, mas veremos. Já mostrei do que sou capaz e acho que se começar a temporada assim, não há outra opção e estou pronto para ir para o assento oficial da Ducati. Se não, veremos”, declarou Martinator ao portal espanhol Marca.

Jorge Martín analisou moto Pramac

O vice-campeão mundial comentou sobre o desempenho de seu veículo satélite nos treinos de pré-temporada da MotoGP. Um problema na vibração preocupou o espanhol, mas o piloto considerou o modelo GP24 mais rápido do que o anterior.

“É claro que a Ducati está olhando para isso. Hoje falei com Gigi Dall’Igna [chefe da Ducati], a equipe está trabalhando muito nisso. Estou tranquilo, primeiro porque é algo que não posso controlar, estou focado no meu estilo e em ser competitivo. E em segundo lugar, porque acho que é algo que estava na moto e não estava funcionando, e como sofri uma queda e tivemos que trocar uma grande parte da moto, espero que a vibração tenha desaparecido”, comentou Jorge Martín.

Sobre a nova pintura da moto Pramac divulgada ontem (28), Martinator opinou: “A moto é muito boa, demos um grande passo em termos de design. Teremos que tentar tornar a moto mais agressiva”. A temporada 2024 da MotoGP começará com o GP do Catar, entre 8 e 10 de março.

Comentários

Loading…

Titulares da Mercedes, George Russell (à esquerda) e Lewis Hamilton (à direita) protagnizaram a primeira dobradinha da temporada 2024 da Fórmula 1

Fórmula 1 tem dobradinha da Mercedes com Hamilton e Russell, no TL2 do GP do Bahrein 

Diretor da Mercedes expressa confiança nas regras da Fórmula 1 e defende parceria entre Red Bull e AlphaTauri James Allison

Diretor da Mercedes elogia inovações do novo carro da Red Bull