in

MotoGP pode substituir GP da Índia por Cazaquistão em 2024; saiba mais

Devido a problemas com a organização da Índia, etapa da MotoGP deverá ser trocada pela corrida adiada do Cazaquistão

MotoGP
Divulgação/ X MotoGP

Recentemente, a MotoGP confirmou o adiamento do GP do Cazaquistão, inicialmente programado para as datas entre 14 e 16 de junho. As inundações que decretaram estado de emergência no país foram as razões para a transferência da corrida.

A nova data do Grande Prêmio tem chance de ser a mesma em que está agendada o GP da Índia, entre 20 e 22 de setembro. De acordo com informações do site Motorsport, a etapa do Cazaquistão pode entrar no lugar da prova que estreou no calendário da MotoGP no ano passado.

As incertezas sobre uma segunda edição do GP da Índia se deve ao não-pagamento de dívidas da Fairstreet Sports, empresa que promoveu a etapa, para fornecedores. Entre eles, estaria a Dorna Sports, proprietária da MotoGP, que recentemente negociou grande fatia do campeonato com a Liberty Media.

MotoGP deu prazo para quitação de dívida

De acordo com o Motorsport, a Dorna definiu um prazo até o dia 20 de maio para que os valores devidos sejam quitados pela empresa promotora. “Algo que parece difícil de concretizar depois de levar em conta os atrasos anteriores”, complementou o portal.

Dessa forma, o site especializado em esportes a motor considera certo que o GP do Cazaquistão no Circuito Internacional de Sokol acontecerá no período reservado para a rodada na Índia, na segunda quinzena de setembro. O anúncio oficial deve ocorrer depois do prazo final para o pagamento da dívida à Dorna, no próximo dia 20.

Inicialmente com 22 etapas previstas no calendário, a tendência é que a MotoGP tenha 20 rodadas. Além do possível cancelamento do GP da Índia, o Grande Prêmio da Argentina, que ocorreria em abril, também não foi realizado por conta do corte de gastos.

Avatar

Escrito por Marco Andrews Felgueiras Maciel

Jornalista formado pela PUCRS em 2007 e pós-graduado em Imprensa Esportiva e Assessoria de Comunicação pela Universidade Castelo Branco. Atuei na web-rádio Voz do Futebol e escrevo para o Torcedores.com desde 2022, além de colaborar para o site Nas Pistas a partir de 2023. Também edito o SAMBARIO, voltado para carnaval e sambas-enredo, desde 2004. No canal do YouTube do portal (@sambariosite), entrevistamos mais de uma centena de personalidades do samba e do carnaval nos tempos da pandemia. Ainda fui redator e assessor de imprensa da ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade).

Comentários

Loading…

Pedro Acosta, piloto da Tech3 GASGAS

Pedro Acosta lamenta postura de pilotos no GP de Le Mans

Lando Norris

Lando Norris brinca e dá “conselho” para Zak Brown