in

Nick Sanchez vence Nascar Truck em Daytona 500

Nick Sanchez Nascar Cup
Reprodução: Fox Sports

Movimentando a abertura da temporada 2024 na Nascar, o jovem piloto Nick Sanchez levou a melhor no Daytona 500 e faturou a vitória na Nascar Truck neste final de semana. O triunfo quase que foi comprometido com um acidente ocorrido na última volta, que envolveu diversos carros, mas o vencedor da prova saiu ileso em meio a uma grande confusão vista na pista.

Nick Sanchez liderou o início da prorrogação e se manteve firme na liderança. O acidente se deu logo atrás do líder da prova, envolvendo Rajah Caruth, Jack Wood e Taylor Gray, que acabou sendo atingido de forma mais intensa. Gray virou de forma brusca lateralmente e foi retirado da pista.

Após a vitória, Nick Sanchez falou do resultado positivo e o sentimento de ter faturado a primeira vitória na carreira na Nascar. Ele já havia sentido o sabor especial de triunfar, mas pela ARCA Menards Series.

“Muito surreal, especialmente com a forma como a corrida começou. Apenas um grande obrigado à minha equipe por ficar comigo durante todo o ano passado. Nós não fomos vencedores. Dói. Deveríamos ter vencido, mas nos redimimos na primeira corrida possível”, destacou o piloto em entrevista à imprensa após vitória.

Além de Nick Sanchez, o pódio foi complementado com Corey Heim em segundo, Caruth em terceiro, Spencer Boyd em quarto e Bret Holmes na quinta colocação.

A próxima prova da temporada na Nascar Truck está agendada para o dia 24 de fevereiro, no circuito Atlanta Motor Speedway. Em Daytona 500, a Nascar ainda recebe a categoria Xfinity Series, agendada para este sábado (17), às 19h (de Brasília), enquanto a corrida prinicipal na Cup Series ocorre no domingo (18), às 16h30. Nesta temporada, o cronograma na Truck se estende até à segunda semana do mês de novembro, com o circuito de Phoenix.

Avatar

Escrito por Cido Vieira

Comentários

Loading…

Christian Horner, Red Bull

Ford se posiciona sobre situação envolvendo Christian Horner

Pedro Acosta

Marc Márquez elogia Pedro Acosta: “Lutará pelo título mais cedo ou mais tarde”