in

Vitória de Suárez foi a terceira mais acirrada da história da Nascar: veja top-15

Piloto mexicano ganhou a etapa de Atlanta da Nascar Cup Series no último domingo (25) por apenas 0,003s de diferença

Daniel Suárez, piloto mexicano da Nascar
Daniel Suárez, piloto mexicano da Nascar (Divulgação/Nascar)

A segunda corrida da temporada 2024 da Nascar Cup Series foi marcada por uma das mais sensacionais chegadas da modalidade. Daniel Suárez recebeu a bandeirada em Atlanta por uma diferença de somente três milésimos com relação ao segundo colocado, o atual campeão Ryan Blaney. Além disso, a diferença para o terceiro lugar Kyle Busch foi de apenas sete milésimos.

O histórico equilíbrio entre o trio de pilotos que chegou lado a lado no último domingo (25) proporcionou a terceira conclusão de prova mais acirrada de todos os tempos da Nascar Cup Series. Os 0,003s de Suárez para Blaney só não superaram duas ocasiões em que a diferença do primeiro para o segundo colocado foi de 0,002s.

Em 16 de março de 2003, Ricky Craven derrotou Kurt Busch em Darlington por somente dois milésimos. O mesmo ocorreu em 17 de abril de 2011, na vitória de Jimmie Johnson sobre Clint Bowyer em Talladega.

Na sequência da relação divulgada pelo site oficial da Nascar, Jamie McMurray bateu Kyle Busch por 0,005s em Daytona em 2007. Os cinco milésimos foram repetidos por Dale Earnhardt contra Ernie Irvan em Talladega no ano de 1993.

Derrotado por Suárez, Blaney venceu duas vezes por sete milésimos

Na sequência do ranking, Kevin Harvick superou Jeff Gordon por seis milésimos no mesmo circuito de Atlanta em 2001. Duas diferenças de 0,007s foram estabelecidas por Ryan Blaney, ambas em Talladega. Em 2019, bateu Ryan Newman e, no ano seguinte, venceu Ricky Stenhouse Jr.

Na etapa de Daytona da Nascar em 1994, foram somente oito milésimos cravados por Jimmy Spencer contra Ernie Irvan. A distância de 0,010s se repetiu em quatro oportunidades: Dale Earnhardt contra Bobby Labonte em Atlanta em 2000; Matt Kenseth diante de Kasey Kahne em Rockingham em 2004; Kevin Harvick batendo Carl Edwards em Phoenix em 2016; e no mesmo ano, Denny Hamlin superando Martin Truex Jr em Daytona.

Por fim, Kevin Harvick conseguiu derrotar Jamie McMurray por apenas 11 milésimos na temporada 2011 da Nascar Cup Series. E cravando 0,012s, Ryan Blaney suplantou William Byron no ano passado. Ambas as corridas aconteceram em Talladega.

Comentários

Loading…

Carlos Sainz

Carlos Sainz já fala em tom de despedida da Ferrari: “Sempre me senti em casa”

Lando Norris, McLaren, Fórmula 1

Lando Norris revela expectativas para temporada da McLaren: “Entramos com o pé direito”