in

Aston Martin e Honda já trabalham em motor para 2026

Honda fabricará o motor da escuderia a partir de 2026, encerrando “tradição” com a Mercedes

Mike Krack Fórmula 1 Alonso diretor
Divulgação/ Twitter Aston Martin


Aston Martin e Honda já estão trabalhando juntas para desenvolver seu novo motor para a temporada de 2026 da Fórmula 1.

Essa parceria representa então uma mudança significativa para a escuderia britânica, que, desde os tempos da Force India em 2009, vinha utilizando exclusivamente motores e caixas de câmbio da Mercedes.

Isso mudará em duas temporadas. No carro, do ponto de vista do chassi e da aerodinâmica, o trabalho não será possível até 1º de janeiro de 2025, mas no caso de motores , com uma nova relação 50/50 em termos de energia térmica e elétrica, Aston Martin e Honda já formaram grupos de trabalho meses atrás, como o resto dos fabricantes da categoria.

O primeiro passo que teve que ser dado foi criar alguns grupos de trabalho para as diferentes áreas, para definir responsabilidades. O que normalmente acontece quando você chega a uma nova associação técnica“; revelou Mike Krack, chefe de equipe da Aston Martin, segundo o jornal espanhol MARCA.

Agora estamos um passo à frente e os grupos estão trabalhando juntos. Estamos analisando diferentes áreas e explorar a troca de experiências e fazer trabalhos de simulação em conjunto“; contou assim Krack.

Troca de nome e novo carro da Aston Martin em 2024

A escuderia britânica confirmou nesta semana algo que já vinha sendo especulado há meses nos bastidores da Fórmula 1: a saída da Cognizant como “patrocinadora principal” e a efetivação da petrolífera saudita Aramco como sua maior parceira.

Isso resultará então na renomeação da equipe de Fernando Alonso e Lance Stroll a partir de 1º de janeiro de 2024. Assim, a equipe deixará de se chamar Aston Martin Aramco Cognizant F1 Team, tornando-se a Aston Martin Aramco Formula One Team.

Trata-se também de um acordo a longo prazo, já que a Aramco será a principal patrocinadora da equipe pelos próximos cinco anos, até 2028. Esse acordo fortalece significativamente a base financeira da Aston Martin, considerando que a petrolífera é um dos gigantes do patrocínio e um pilar essencial na Fórmula 1.

Outras novidades que repercutiram recentemente em relação aos bastidores da equipe pertencente a Lawrence Stroll são sobre o novo carro para a próxima temporada.

Mike Krack recebeu uma série de perguntas dos fãs da equipe há alguns dias e não teve outra opção a não ser dar algumas dicas sobre o carro de 2024.

O carro do próximo ano será como um ‘irmão mais novo’ do AMR23, e evoluirá em todas as áreas“; revelou Krack, em relação ao que espera do AMR24.

Avatar

Escrito por Mateus Pereira

Colaborador do Naspistas desde 2023, nasci no estado do Rio de Janeiro e alinho minha maior paixão à minha vocação através da produção de conteúdo sobre esportes. Entre as minhas áreas de maior domínio e experiência profissional estão o automobilismo, o futebol e o universo geek.
Certificado como Jornalista Digital e Social Media pela Academia do Jornalista, contribui no passado como Colunista, Editor-chefe e Líder da editoria de Esportes nos portais R7 Lorena e iG In Magazine.

Comentários

Loading…

Max Verstappen da Oracle Red Bull Racing na Fórmula 1

Max Verstappen revela plano na Fórmula 1 para quando se aposentar das pistas

Toto Wolff, Mercedes

Wolff explica que a Mercedes enfrentará grande desafio em 2024: “A diferença precisa diminuir”