in

Chefe da Alpine critica Ocon por batida em Gasly e promete medidas

O GP de Mônaco foi marcado por uma colisão entre Esteban Ocon e Pierre Gasly, pilotos titulares da Alpine.

Bruno Famin, chefe da Alpine
Bruno Famin quer mais equilíbrio da Alpine, nas provas de Fórmula 1 (foto: reprodução/site oficial da Alpine)

O GP de Mônaco foi marcado por uma colisão entre Esteban Ocon e Pierre Gasly, pilotos titulares da Alpine. O lance incomodou o chefe da escuderia, Bruno Famin. Em entrevista ao Canal+, o dirigente criticou um dos pilotos e garantiu que as coisas vão mudar. 

“Isso é realmente triste, alto que não queríamos ver. A ação de Esteban Ocon foi completamente injustificada. Vamos tomar medidas”, iniciou. 

De acordo com Bruno Famin, os carros da Alpine estão, mecanicamente, prejudicados. “Há muitos danos”, relatou 

“A suspensão traseira está torta, a caixa de câmbio está danificada. Estamos substituindo toda a caixa de câmbio. É um trabalho enorme”, listou. 

Apesar da colisão, a Alpine conseguiu pontos no GP de Mônaco ao ver Pierre Gasly ficar na 10ª posição. Bruno Famin comemorou e prometeu resolver internamente a batida entre os pilotos. 

“O resultado de hoje foi, em grande parte, definido pela qualificação. Como equipe, um ponto é o resultado. É uma sensação doce”, definiu.  

“Provavelmente não maximizamos a qualificação, mas é claramente um resultado positivo. Como equipe, vamos analisar e gerenciar o incidente entre os dois carros a portas fechadas. Devemos evitar situações que possam comprometer a equipe”, finalizou. 

O que disseram os pilotos da Alpine? 

Esteban Ocon assumiu a responsabilidade pelo ocorrido. “Foi minha culpa. A diferença foi muito pequena. Peço desculpas por isso”, afirmou, na rede social X, o ex-Twitter.

Gasly, por sua vez, desabafou. “Infelizmente não foi tão pacífico quanto havíamos planejado. Não quero entrar em muitos detalhes, mas essas coisas não deveriam acontecer”, opinou. 

“Foi uma instrução clara da equipe sobre o que fazer. Isso não foi respeitado”, finalizou Pierre Gasly. 

A Fórmula 1 volta daqui a duas semanas com a realização do Grande Prêmio de Mônaco. O evento está marcado para ocorrer nos dias 7, 8 e 9 de junho. 

Veja a batida entre Gasly e Ocon 

Comentários

Loading…

Adrian Newey, Red Bull, Fórmula 1

Adrian Newey teria recusado oferta de rival da Red Bull na F1, diz jornal

Ferrari, Leclerc

Charles Leclerc diz que nunca acreditou em “maldição” de Mônaco; entenda