in

Ex-piloto diz que Hamilton não fará a Ferrari voltar a ser campeã da noite para o dia

Karun Chandhok também comentou a possibilidade da Ferrari contratar Adrian Newey para 2025 e chamou atenção para o trabalho de Vasseur

X/MercedesAMGF1

Depois de Lewis Hamilton, a Ferrari anunciou mais dois ‘reforços’ da Mercedes para 2025. Trata-se de Jerome d’Ambrosio como vice-diretor da equipe e Loic Serra como chefe de engenharia de desempenho de chassis. O objetivo da equipe de Maranello é claro: voltar ao topo da Fórmula 1. Para o ex-piloto indiano Karun Chandhok, entretanto, essa missão não será tão simples.

Ao podcast Sky Sports F1, Chandhok destacou que Hamilton não conseguirá fazer a Ferrari voltar ao topo da categoria sozinho. O comentarista chamou atenção para a necessidade dos italianos montarem uma boa equipe.

“Hamilton sozinho não vai fazer da Ferrari campeã mundial da noite para o dia. Eles precisam formar a equipe da mesma maneira que você faz nos anos 90, quando eles fizeram isso com Michael Schumacher. Por exemplo, o fato de Michael ter se lançado sozinho em 96 não fez com que eles se tornassem campeões mundiais de repente. Todas essas outras pessoas vieram para reestruturar tudo, e você deve dizer que Fred Vasseur está fazendo um trabalho incrível”, disse Chandhok.

+ Lewis Hamilton ‘aprova’ Adrian Newey na Ferrari: “Seria incrível”

O ex-piloto comentou ainda sobre a possibilidade da Ferrari contratar Adrian Newey, projetista multicampeão da Fórmula 1. O britânico deixará a Red Bull ao final da temporada e ainda não anunciou seu futuro.

“A contratação de Adrian Newey ainda é o grande ponto de interrogação, e todos estão esperando para ver como isso vai se desenrolar. Eu realmente acredito no que Adrian estava dizendo a Martin [Brundle] em Miami, que acho que ele vai tirar um tempo de folga e considerar suas opções. Se ele finalmente vai para lá seria outra história”, avaliou.

“Há muito o que fazer na Ferrari como parte da reabilitação de seu projeto para torná-la campeã mundial novamente. Para Fred [Vasseur, chefe da Ferrari], ter uma variedade de pessoas com experiência dentro da equipe é uma grande jogada. Acho que o que Vasseur está fazendo é transformar a Ferrari”, completou Karun Chandhok.

Danielle Barbosa

Escrito por Danielle Barbosa

Jornalista.

Comentários

Loading…

Fórmula 1 inicia temporada europeia em Ímola; confira as etapas no Velho Continente

Circuito de Hockenheim, Fórmula 1

Fórmula 1 planeja motores com mais ruídos a partir de 2030