in

F1 hoje: aumentam os rumores sobre a entrada da Audi em 2026

Fabricante alemã estaria pendendo a vender ações da Sauber

Sauber Fórmula 1 Audi
Reprodução: Twitter/Audi Sports

A cada semana que passa novos boatos surgem sobre a possibilidade da Audi entrar no grid de largada da Fórmula 1. Assim, nesta semana, o jornal Bild anunciou que Oliver Hoffmann, diretor de desenvolvimento, está bem perto de deixar a empresa, aumentando os indícios de que os alemães desistirão da principal categoria do automobilismo.

Segundo vários meios de comunicação, Hoffman está deixando a empresa após divergir opiniões sobre o futuro da Audi com Gernot Dollner, CEO da empresa. Além disso, o diretor também teria levado a culpa pelos números decepcionantes de vendas da fabricante. Isso se soma ao fato dos modelos que surgiram sob sua liderança não terem sido um sucesso.

Agora, tudo indica que o conselho de supervisão da Audi terá que dar uma opinião sobre a continuidade de Hoffman. Caso o alemão deixe a empresa, é bem provável que ocorra mudanças nos projetos de F1. O motivo disso é que o diretor tinha um dos papéis mais proeminentes nesta questão e com sua saída, a fabricante pode decidir não entrar na categoria.

Audi esta disposta a vender ações da Sauber

Curiosamente, de acordo com a mídia alemã, a possível saída de um dos principais nomes da empresa ocorre em um momento de muita dúvida interna. A principal delas seria em relação a continuidade ou não no projeto da Fórmula 1. Com a ausência de Hoffman, a Audi se aproximaria ainda mais de abandonar completamente essa “aventura”.

Além disso, a mídia também especula que a fabricante está disposta a vender as ações da Sauber, desistindo do projeto. No entanto, ao ser questionada sobre a possível saída de Hoffman, a Audi preferiu se manter em silêncio.

Por fim, vale lembrar que o site GPBlog conversou recentemente com os envolvidos no projeto. Assim, segundo eles, não há dúvidas de que a fabricante alemã pretende estar no grid de largada da F1 a partir de 2026, mesmo que Hoffman deixe o cargo na empresa.

Comentários

Loading…

Betty Klimenko e Barry Ryan, chefes da Erebus

CEO da Erebus quebra silêncio e chora ao falar sobre Kostecki: “Isso dói”

Max Verstappen no Real Racers Never Quit

Fora da curva: A relação de Max Verstappen com os videogames e simuladores