in ,

F1 hoje: mídia internacional enaltece Verstappen e critica Russell no GP do Canadá

Dupla recebeu grande destaque dos jornais europeus; Norris e Pérez também renderam comentários

Max Verstappen e George Russell (Reprodução / X - @edbullracing)

O GP do Canadá de Fórmula 1 entregou, como de costume, uma corrida recheada de emoções positivas no último domingo (9), tendo seu pódio completo por membros de três escuderias distintas: Max Verstappen, Lando Norris e George Russell.

Por fim, a prova em Montreal foi para muitos veículos da mídia a melhor apresentação do ano na categoria, gerando comentários sobre os diversos ocorridos na pista canadense.

Leia também:
– Verstappen dispara sobre problemas na RBR: “Não deveriam acontecer”
– Russell revela ter procurado ajuda para lidar com “ressaca emocional” da F1

O jornal espanhol Marca fez questão de destacar a recuperação do piloto da Red Bull para conquistar a vitória após largar na segunda colocação: “O neerlandês largou em segundo lugar na corrida ao lado de George Russell, depois assumiu o controle quando o sol começou a brilhar e dominou novamente no Circuito Gilles Villeneuves na Ile Notre-Dame, no Rio São Lourenço“.

Já para o P3 Russell, as análises não foram tão positivas, ao menos no caso do alemão Bild, que deu grande destaque à chance perdida pela Mercedes de voltar a conquistar uma vitória na F1: “O flecha de prata George Russell começou a corrida na primeira posição. O milagre chegou muito perto, mas no final durou apenas 21 voltas“.

Quem também chamou atenção da mídia europeia foi o P2 Norris. O piloto da McLaren foi enaltecido pelo britânico Daily Mail como quem deveria de fato ter vencido o GP do Canadá: “Deveria ter sido Lando Norris no degrau mais alto do pódio […] Mas não era para ser, a intervenção de um safety car e a resposta lenta da McLaren a isso, condenaram o britânico a um segundo lugar impossível de se ignorar, atrás do ‘inignorável’ Max Verstappen“.

Max Verstappen, da Red Bull
Verstappen celebra vitória no GP do Canadá (Reprodução / Red Bull)

Pérez sofre críticas após o GP do Canadá

Max Verstappen conseguiu superar os problemas apresentados pelo RB20 em Montreal, diferentemente de seu companheiro de equipe Sergio Pérez. O mexicano – que renovou seu contrato por dois anos na última semana – fez então uma péssima corrida e terminou tendo de abandonar a prova após um incidente que detonou sua asa traseira.

O companheiro de equipe de Verstappen, Sergio Perez, teve uma corrida ruim, não conseguindo fazer um progresso significativo desde sua 16ª posição no grid e depois abandonou no final da corrida […] deixando detritos de fibra de carbono espalhados pelo circuito“; disparou assim o jornal britânico BBC.

Avatar

Escrito por Mateus Pereira

Colaborador do Naspistas desde 2023, nasci no estado do Rio de Janeiro e alinho minha maior paixão à minha vocação através da produção de conteúdo sobre esportes. Entre as minhas áreas de maior domínio e experiência profissional estão o automobilismo, o futebol e o universo geek.
Certificado como Jornalista Digital e Social Media pela Academia do Jornalista, contribui no passado como Colunista, Editor-chefe e Líder da editoria de Esportes nos portais R7 Lorena e iG In Magazine.

Comentários

Loading…

Toto Wolff, Mercedes

Toto Wolff repercute pódio de Russell no GP do Canadá: “Sonho curto”

Vasseur, da Ferrari

Vasseur admite ter esperado bandeira vermelha para salvar corrida de Leclerc