in

Fórmula 1 tem presença de Neymar no GP do Bahrein

Neymar foi à primeira corrida da Fórmula 1, e 2024
Neymar foi à primeira corrida da Fórmula 1, e 2024 (foto: Lucas Figueiredo/CBF)

A Fórmula 1 começou a temporada 2024, neste sábado (2), com a realização do Grande Prêmio do Bahrein e contou com a presença de uma figura conhecida do público brasileiro. Neymar viajou até o país do Oriente Médio e foi até o circuito de Sakhir. 

O atacante tirou fotos com vários profissionais da categoria. O jogador cumprimentou todos os integrantes das equipes de engenharia da Visa Racing Bulls e Red Bull Racing (RBR). 

Além disso, apertou as mãos de Yuki Tsunoda, conversou com Max Verstappen e abraçou Sergio Pérez. Neymar também posou ao lado dos carros da RBR. 

Esta não é a primeira vez que o jogador vai a um evento oficial da Fórmula 1. No ano passado, ele esteve no Grande Prêmio de Mônaco, quando ainda era jogador do PSG. 

O brasileiro cumprimentou Lewis Hamilton, mas foi ignorado pelo britânico. Depois da prova, o heptacampeão mundial utilizou as redes sociais para se desculpar.

Neymar vai à primeira corrida da Fórmula 1, em 2024 

Resumo do GP do Bahrein

O GP do Bahrein terminou com mais uma vitória de Max Verstappen. O atual tricampeão mundial largou bem e abriu vantagem sobre os rivais logo nas primeiras voltas.

O segundo colocado foi o atual vice-campeão da Fórmula 1, Sergio Pérez. Com isso, a Red Bull Racing (RBR) fez dobradinha.

Carlos Sainz (Ferrari) ficou em terceiro e completou o pódio. Ele ultrapassou duas vezes o companheiro de equipe, Charles Leclerc, durante a prova.

George Russell (Mercedes), Lando Norris (McLaren), Lewis Hamilton (Mercedes), Oscar Piastri (McLaren), Fernando Alonso e Lance Stroll (ambos da Aston Martin) completam o top-10 do GP do Bahrein.

Comentários

Loading…

Carlos Sainz, piloto da Ferrari

Carlos Sainz demonstra preocupação com a Red Bull: “Eles podem subir o nível”

Ben Sulayem, presidente da FIA, Fórmula 1

Presidente da FIA se manifesta sobre investigação contra Horner e lamenta: “Prejudica o esporte”