in

George Russell admite domínio da RBR e vê Mercedes mais preparada 

George Russell vai representar a Mercedes e rivalizar com a Red Bull Racing (RBR), na temporada 2024
George Russell vai representar a Mercedes e rivalizar com a Red Bull Racing (RBR), na temporada 2024 (foto: divulgação/F1)

Atual bicampeã de construtores, a Red Bull Racing (RBR) é uma das favoritas para a temporada 2024, na opinião de George Russell. A equipe chefiada por Christian Horner venceu 21 das 22 provas de Fórmula 1 que disputou, no ano passado. 

A exceção foi o Grande Prêmio de Cingapura, vencido por Carlos Sainz, da Ferrari. Em entrevista ao site oficial da categoria, o piloto britânico da Mercedes admitiu que a rival taurina está numa fase quase imbatível. 

“Estamos todos tentando alcançar o carro mais dominante da história da Fórmula 1. Então essa não é uma tarefa fácil”, iniciou.  

“Todo mundo vai ter que se unir, realmente focado, realmente colocar tudo nisso e o tempo dirá”, acrescentou. 

George Russell também avaliou que a Mercedes está mais preparada para a temporada 2024. 

“Acho que estamos numa situação muito melhor do que estávamos há ou dois anos. Então esperamos não tropeçar em nada. Mas, como eu disse, só o tempo vai dizer”, declarou. 

Russell avalia temporada 2023

Em 2023, George Russell marcou 175 pontos e encerrou o campeonato de pilotos na 8ª posição.  

O resultado é pior em relação a 2022, quando o britânico foi o 4° colocado e acumulou 275. Apesar disso, o esportista da Mercedes considera que evoluiu na Fórmula 1. 

“Sinto que melhorei meu jogo no ritmo de qualificação e no ritmo de corrida e definitivamente estivemos em desvantagem”, declarou. 

O crescimento de outros rivais explica, parcialmente, a queda do piloto. A Aston Martin começou 2023 num ritmo forte, a ponto de Fernando Alonso agradecer à equipe por ter desenvolvido o segundo melhor carro da Fórmula 1. 

Além disso, a McLaren conseguiu vários pódios na segunda metade do campeonato. A Mercedes foi mais regular em meio a tudo isso. Marcou 409 pontos e assegurou o vice-campeonato, no torneio de construtores. 

“Definitivamente tivemos mais competição com eles”, finalizou o piloto George Russell. 

Comentários

Loading…

Pat Fry está na Fórmula 1 há 20 anos e vai ser o diretor técnico da Williams, na temporada 2024

Diretor da Williams mira título na Fórmula 1: “Ganhar é tudo”

Adrian Newey, Red Bull, Fórmula 1

Adrian Newey, da Red Bull, revela trauma que serviu como “ponto de ignição” em sua carreira