in

Max Verstappen diz que novo modelo sprint faz “mais sentido” para Fórmula 1

Piloto da Red Bull tem boas opiniões sobre as mudanças que a categoria realizou para as corridas sprint deste ano

Max Verstappen
Divulgação/F1

O piloto Max Verstappen defendeu que o novo formato Sprint da Fórmula 1 de 2024, que estreará no GP da China deste fim de semana, fazia mais sentido do que o anterior.

Na quarta temporada desde a sua introdução, a F1 ainda está mexendo no formato Sprint Race e, para 2024, também haverá mudanças que fariam com que o conceito “Sprint Saturday” fosse abandonado.

Em 2023, um fim de semana Sprint começou com FP1 na sexta-feira, seguido pela qualificação para o Grande Prêmio de domingo. Sábado foi um evento de Sprint com Sprint Qualifying e o Sprint realizado.

Para este fim de semana na China, o formato será outro. FP1 seguido de qualificação Sprint na sexta-feira, enquanto a ação de sábado começará com a Sprint Race seguida pela qualificação para o Grande Prêmio no domingo.

As equipes podem alterar a configuração do carro após a Sprint Race e antes da qualificação principal, o que significa que haverá dois parques fechados neste fim de semana: um depois do FP1 e outro depois da qualificação principal.

Falando à mídia no Circuito Internacional de Xangai, Verstappen foi convidado a comentar sobre o novo formato Sprint. “Acho que faz mais sentido. “E, para mim, acho que a parte mais irritante sobre isso antes era que depois do TL1 você iria para a qualificação e se não, digamos, acertasse o ajuste, você ficaria preso nele pelo resto do fim de semana, e isso pode realmente prejudicar o seu fim de semana”, disse o holandês.

“E acho que agora, pelo menos, temos mais algumas oportunidades para tentar torná-lo perfeito. Penso que é melhor para as corridas em geral”, acrescentou..

Verstappen também falou sobre os desafios de ter o primeiro fim de semana Sprint de 2024 na pista em que a F1 correu pela última vez apenas em 2019, e com carros diferentes.

“Acho que com os carros novos isso será um pouco desconhecido. Do lado da pista parece que eles pintaram e não recapearam. Então, não sei o que isso afeta a aderência da pista, é algo que temos que superar, porque é o mesmo para todos; mas só precisamos ter um bom TL1. Isso realmente nos ajudará a começar a trabalhar”, concluiu ele.

Arthur Santos Eustachio

Escrito por Arthur Santos Eustachio

Meu nome é Arthur Santos Eustachio. Sou formado em Jornalismo pela Cásper Líbero.

Atuo como produtor de conteúdo para sites e mídias digitais. Escrevo notícias sobre esportes em geral - hoje principalmente na área de automobilismo: Fórmula 1, MotoGP e Nascar. Já trabalhei na 365Scores e como administrador de páginas esportivas.

Meus esportes favoritos são futebol, tênis, basquete e Fórmula 1. Minhas maiores referências são Cristiano Ronaldo, Novak Djokovic e Max Verstappen.

No mais, curto ler, ouvir música, assistir filmes e, claro, praticar esportes.

Comentários

Loading…

Carro de Fernando Alonso

Fernando Alonso abre o jogo sobre aposentadoria na Fórmula 1

Adrian Newey, Red Bull, Fórmula 1

Jornal nega que engenheiro da Red Bull foi à Itália para negociar com Ferrari