in

Mercedes voltará a ser campeã da Fórmula 1, acredita Lewis Hamilton 

Lewis Hamilton, piloto da Fórmula 1
Lewis Hamilton está de saída da Mercedes, onde venceu vários títulos de Fórmula 1 (foto: reprodução/F1)

A Mercedes não vence um campeonato na Fórmula 1 desde 2021, quando foi campeã de construtores. numa temporada marcada pela ultrapassagem de Max Verstappen sobre Lewis Hamilton, na última volta do Grande Prêmio de Abu Dhabi. 

Desde então, a escuderia alemã perdeu competitividade, pelo menos em relação à Red Bull Racing (RBR). Apesar da diferença entre as equipes, a Mercedes terá um futuro melhor, conforme o piloto britânico. 

“Estou entusiasmado com este ano e sei que esta equipe vai ganhar outro campeonato. Vou ficar orgulhoso em saber que fiz parte disso”, declarou Lewis Hamilton. 

“Muitas das coisas foram postas em prática, em termos de diversificação e processos pelos quais a equipe passou. Eu, no longo prazo, sempre farei parte disso tudo”, acrescentou. 

O competidor está de saída. Lewis Hamilton vai defender a Ferrari, a partir da temporada 2025.  

De acordo com o piloto, a troca não ocorreu pela Mercedes ser, aparentemente, incapaz de brigar por novos títulos de Fórmula 1. 

“Não, honestamente, não foi. Acredito verdadeiramente que esta equipa, como mencionei anteriormente, vai ganhar mais um campeonato”, garantiu. 

“É um grupo incrível de pessoas e muito bem administrado. A Mercedes tem história. Eles investem pesadamente nas corridas e em muitas áreas, independentemente do carro ser, ou não, um vencedor de campeonatos”, reconheceu Lewis Hamilton.  

“Isso não terá qualquer influência sobre como me sinto em relação à próxima fase da minha carreira”, reforçou. 

“Como eu disse, trata-se de um novo capítulo na minha vida e realmente sinto que fiz tudo o que poderia fazer com esta equipe”, disse 

Fórmula 1: Lewis Hamilton fará dupla com Leclerc, em 2025 

Conforme já destacado, o heptacampeão mundial assinou contrato para representar a Ferrari, no ano que vem. O britânico vai ter Charcles Leclerc como companheiro de equipe. 

“Estou no fim da minha carreira. Adoro desafios e este é o desafio final. Ir para uma equipe que é incrivelmente icônica, que também tem uma história incrível, mas também não teve tanto sucesso, eu acho, como eles esperavam no passado década ou mais”, declarou. 

“Meu objetivo é vencê-los este ano. E obviamente isso muda no próximo ano”, finalizou o competidor sete vezes campeão da Fórmula 1.

Comentários

Loading…

GP da Austrália

Por que horário do GP da Austrália mudou nesta temporada?

Lewis Hamilton fala sobre retorno de Ricciardo

Daniel Ricciardo responde rumores sobre possível fim de carreira na F1