in

Saiba por que horário do Grande Prêmio da Austrália mudou nesta temporada

Prova em Melbourne é no próximo domingo, dia 24 de março, na corrida que é a terceira desta campanha 2024 da categoria

Red Bull
Divulgação: x/Red Bull

Para os fãs da Fórmula 1 na Europa, o GP da Austrália no próximo fim de semana terá um começo mais cedo. Quando as luzes se apagarem no domingo (24) em Melbourne para a corrida, será pouco depois das 15h locais. São 1h no horário de Brasília. Há um ano, esta corrida começou às 3h. Por que o horário mudou?

No final do Grande Prêmio da Austrália de 2023, os pilotos reclamaram do sol baixo nos momentos finais da corrida, em parte porque a corrida foi atrasada devido a múltiplas bandeiras vermelhas. Perto do final da corrida, o anoitecer caiu no circuito de Albert Park.

Verão em Melbourne

Para acomodar os pilotos, o Grande Prêmio começará novamente às 15h00 locais este ano, mas há uma diferença: em Melbourne, ao contrário de 2023, o inverno ainda não começou. Na Europa, o horário de verão ainda não entrou em vigor, então a diferença horária é de 10 horas.

Para os fãs europeus, a decisão poderia ter sido tomada para iniciar o Grande Prêmio às 16h (horário local), mas, nesse caso, o sol baixo poderia ter incomodado novamente os pilotos.

Avatar

Escrito por Arthur Santos Eustachio

Meu nome é Arthur Santos Eustachio. Sou formado em Jornalismo pela Cásper Líbero.

Atuo como produtor de conteúdo para sites e mídias digitais. Escrevo notícias sobre esportes em geral - hoje principalmente na área de automobilismo: Fórmula 1, MotoGP e Nascar. Já trabalhei na 365Scores e como administrador de páginas esportivas.

Meus esportes favoritos são futebol, tênis, basquete e Fórmula 1. Minhas maiores referências são Cristiano Ronaldo, Novak Djokovic e Max Verstappen.

No mais, curto ler, ouvir música, assistir filmes e, claro, praticar esportes.

Comentários

Loading…

Alex Seid vai ao pódio na etapa de Campo Grande da NASCAR Brasil Sprint Race

Damon Hill, ex-piloto de Fórmula 1.

Damon Hill aponta “problema” que domínio de Max Verstappen na F1 causa à Red Bull