in

Sergio Pérez pode deixar a Red Bull, opina ex-piloto bicampeão da Fórmula 1 

Sergio Pérez vai disputar a edição 2024 da Fórmula 1 pela Red Bull Racing (RBR)
Sergio Pérez vai disputar a edição 2024 da Fórmula 1 pela Red Bull Racing (RBR) - foto: reprodução/F1

Sergio Pérez conquistou o vice-campeonato da Fórmula 1, na temporada 2023. Entretanto, não vive, necessariamente, uma situação confortável na Red Bull Racing (RBR). É o que avalia Mika Häkkinen. 

De acordo com o ex-piloto bicampeão mundial, o mexicano pode deixar a equipe taurina se não melhorar o desempenho. 

“Estamos em uma competição e, para obter bons resultados, você não pode depender de um único piloto”, argumentou Häkkinen, em vídeo publicado pela Unibet. 

“Você precisa colocar dois pilotos em um determinado nível para que possa fazer um bom desenvolvimento. Você acha que o futuro de Pérez é na Red Bull? Acho que é altamente improvável”, acrescentou. 

O finlandês reconheceu que o México é um mercado importante para os negócios da RBR, mas isso não significa privilégio. Häkkinen também comparou Max Verstappen e Sergio Pérez. 

“Perez é o mais lento. Isso ficou bem claro agora. Se o cara que é mais lento aceita isso, ele pode se comunicar bem com a mídia e com a garagem. Pode desenvolver bem o carro”, declarou. 

“Ele está motivado e pode ficar dentro de 3 ou 4 décimos. Não acho que seja algo ruim. Acho que é uma situação muito boa”, opinou o bicampeão da Fórmula 1. 

“Mas se o companheiro de equipe começar a reclamar, se ele acusar a equipe de não lhe dar um bom carro, ele não estará motivado”, explicou.  

“Se os resultados forem altos e baixos, isso não é bom para a equipe. Então a equipe tem que fazer mudanças”, concluiu. 

Chefe da RBR comenta situação de Sergio Pérez, na Fórmula 1 

O raciocínio de Mika Häkkinen está de acordo com o que disse recentemente o chefe da RBR, Christian Horner.  

O dirigente assegurou a permanência de Sergio Pérez, mas a renovação de contrato vai depender dos resultados que o piloto obtiver na temporada 2024 da Fórmula 1. 

“Ele é quem estamos apoiando e é nosso piloto de 2024. Se fizer um ótimo trabalho, não há razão para não manter em 2025, mas seria puramente baseado no que ele alcançar durante uma grande parte da temporada”, afirmou Horner. 

Comentários

Loading…

Frederik Vesti ficou com o vice-campeonato da Fórmula 2, em 2023

Frederik Vesti comemora vice na Fórmula 2: “Estou muito orgulhoso”

Michael Schumacher

Michael Schumacher sofria grave acidente de esqui há exatos 10 anos