in

Após cortes de Javier Milei, GP da Argentina de MotoGP de 2024 é cancelado

Autódromo de Termas de Río Hondo não será substituído pela categoria na temporada

A Dorna, empresa organizadora da MotoGP, anunciou nesta quarta-feira que o GP da Argentina de motovelocidade da temporada 2024 está oficialmente cancelado. Com isso, o calendário, que seria o mais longo da história, com 22 corridas, passará a ter 21, já que o evento não terá substituto. O campeonato começará no dia 10 de março com o GP do Catar.

A corrida, que seria a terceira etapa da temporada em Termas de Río Hondo, já estava seriamente ameaçada desde a semana passada devido aos cortes nas despesas do governo Javier Milei, novo presidente do país. Isso afetou diretamente o evento, já que o GP era fortemente subsidiado pelo governo. O cancelamento foi anunciado oficialmente pela Dorna e pela Federação Internacional de Motociclismo (FIM) neste dia 31 de janeiro.

“A FIM, IRTA e Dorna Sports confirmam o cancelamento do GP da Argentina de 2024”, dizia o comunicado. Devido às atuais circunstâncias na Argentina, o promotor do evento comunicou que atualmente não consegue garantir os serviços necessários para que o GP se realize em 2024 nos padrões da MotoGP. Este evento não será substituído no calendário de 2024. A MotoGP espera voltar a correr em Termas de Rio Hondo em 2025”, diz o comunicado.

Vale lembrar que Javier Milei foi eleito presidente da Argentina em 20 das 23 províncias do país e na capital Buenos Aires, que é autônoma. Seu rival no pleito, o peronista Sergio Massa, ganhou só nas províncias de Buenos Aires, Formosa e Santiago del Estero, justamente onde fica o Autódromo de Termas de Río Hondo.

Termas de Río Hondo está no calendário também da Porsche Cup Brasil, com uma etapa prevista para setembro. A categoria, contudo, ainda não confirma a rodada, com a possibilidade de uma praça alternativa receber o evento.

Avatar

Escrito por Ferrari Promo

Comentários

Loading…

Lewis Hamilton

Mercedes, detentora de oito títulos mundiais de Fórmula 1, tem sua história com início na Tyrrell

KTM MotoGP

KTM encaminha decisões visando mudanças do MotoGP para 2027