in

Ex-chefe da Haas, Steiner pode retornar à Fórmula 1 como proprietário de uma equipe

Steiner deixou o cargo de chefe de equipe da Haas no começo do ano, antes do início da temporada e agora tenta voltar à Fórmula 1

FIA, Fórmula 1 Guenther Steiner
Guenther Steiner (Divulgação / Haas)

Guenther Steiner está sendo associado a um possível retorno à Fórmula 1, desta vez não apenas como chefe de equipe, mas como proprietário. Após sua saída do cardo de chefe da equipe Haas no início de 2024, há rumores sugerindo que Steiner está considerando uma participação acionária em uma equipe já existente. 

Segundo relatos da publicação japonesa Autosport-web, Steiner estaria planejando essa mudança e já teria os recursos financeiros e um investidor interessado para torná-la possível. O italiano já havia expressado anteriormente seu desejo de competir na frente do grid da Fórmula 1, em vez de apenas lutar por pontos como fez com a Haas.

Uma das equipes que pode ser considerada para essa possível participação acionária é a RB, a segunda equipe da Red Bull. A informação é do jornal espanhol As. De acordo coma publicação, entretanto, a Red Bull impôs algumas condições que devem ser cumpridas para que a RB esteja em novas mãos. 

+ Guenther Steiner acredita que Max Verstappen pode ter destino “surpresa” na Fórmula 1 

Mesmo que Steiner adquira controle sobre a equipe, por exemplo, ele seria obrigado a utilizar os motores da Red Bull até 2030, além de incluir pelo menos um dos pilotos juniores da Red Bull em sua formação. 

Helmut Marko, conselheiro da Red Bull, mencionou recentemente que há várias partes interessadas na aquisição da RB, tornando o cenário ainda mais dinâmico. Atualmente, a RB ocupa a sexta posição no campeonato de construtores de 2024, com um desempenho sólido liderado pelo japonês Yuki Tsunoda.

“Há muitas partes interessadas, mas no final é uma decisão dos acionistas. O preço é alto para uma equipe, ainda nada foi decidido”, disse Marko.

A possibilidade de Guenther Steiner adquirir uma participação em uma equipe de Fórmula 1 é vista como um movimento estratégico para ele e um passo potencialmente emocionante para a equipe envolvida. 

Apesar dos desafios potenciais, a perspectiva de Guenther Steiner assumir um papel mais influente no mundo da Fórmula 1 adiciona uma camada intrigante ao cenário da categoria, aumentando a especulação sobre o futuro das equipes envolvidas e o esporte como um todo.

Danielle Barbosa

Escrito por Danielle Barbosa

Jornalista.

Comentários

Loading…

Aston Martin quer manter Fernando Alonso para 2025

Após renovação, Alonso não descarta ‘função diferente’ além de piloto na Aston Martin

Carro de Fernando Alonso Fórmula 1 diretor

Fernando Alonso abre o jogo sobre aposentadoria na Fórmula 1