in

Ferrari já projeta nova derrota para Red Bull no GP do Japão; entenda

Piloto Charles Leclerc explicou os motivos pelos quais a Scuderia italiana terá mais dificuldades no circuito de Suzuka

Divulgação/Ferrari

O piloto Charles Leclerc admitiu que será difícil para a Ferrari desafiar a Red Bull no Grande Prêmio do Japão deste fim de semana, em comparação com o que houve há duas semanas na Austrália.

De fato, no Albert Park, em Melbourne, o companheiro de equipe de Leclerc, Carlos Sainz, saiu vitorioso depois de aproveitar um problema de freio terminal para Max Verstappen, da Red Bull.

A Ferrari, então, expressou confiança de que poderia ter lutado pela vitória de qualquer maneira, mesmo que Verstappen não tivesse sofrido sua primeira falha mecânica em dois anos. Suzuka, no entanto, deverá oferecer às equipes e aos pilotos um desafio muito diferente, que Leclerc acredita que não irá contribuir para os pontos fortes da Ferrari.

“Acho que por enquanto, com o que sabemos, espero que a Red Bull ainda tenha vantagem neste fim de semana. Especialmente no dia da corrida, temos uma força particular em pistas onde a granulação é importante. Na Austrália foi o que aconteceu há duas semanas e lá estávamos muito fortes”, disse o atleta.

“Este fim de semana é menos um caso de granulação frontal, mas mais degradação geral. Então acho que a Red Bull voltará para onde estava antes disso”, acrescentou.

Leclerc está atualmente apenas quatro pontos atrás do líder do campeonato, Verstappen, na classificação de pilotos após as três primeiras rodadas, beneficiando-se da não chegada do holandês na Austrália.

Embora o monegasco tenha elogiado a equipe por maximizar sua pontuação, ele sente que isso não reflete o verdadeiro desempenho da Scuderia. “É uma parte muito importante da temporada onde precisamos maximizar todos os pontos que pudermos, o que fizemos. Se olharmos para as três primeiras corridas, não creio que estar apenas quatro pontos atrás da Red Bull represente o nosso verdadeiro desempenho”.

“Sim, estamos mais próximos do que estávamos no passado, mas penso que fizemos um trabalho particularmente bom ao maximizar o que temos no momento. Até as atualizações, que espero que nos coloquem em melhor posição para enfrentá-los regularmente aos domingos, precisamos trazer o máximo de pontos possível para casa”, concluiu.

Avatar

Escrito por Arthur Santos Eustachio

Meu nome é Arthur Santos Eustachio. Sou formado em Jornalismo pela Cásper Líbero.

Atuo como produtor de conteúdo para sites e mídias digitais. Escrevo notícias sobre esportes em geral - hoje principalmente na área de automobilismo: Fórmula 1, MotoGP e Nascar. Já trabalhei na 365Scores e como administrador de páginas esportivas.

Meus esportes favoritos são futebol, tênis, basquete e Fórmula 1. Minhas maiores referências são Cristiano Ronaldo, Novak Djokovic e Max Verstappen.

No mais, curto ler, ouvir música, assistir filmes e, claro, praticar esportes.

Comentários

Loading…

Sebastian Vettel

Sebastian Vettel comenta possível retorno para a Fórmula 1

Max Verstappen comenta possível saída de Carlos Sainz da Ferrari: “Faz sentido”