in

Toto Wolff, da Mercedes, é acusado de vazar informações confidenciais da Fórmula 1; entenda o caso

Segundo revista, chefe da equipe britânica estaria recebendo informações que não deveria ter

Toto Wolff, Mercedes
Divulgação/Mercedes

A temporada da Fórmula 1 terminou a menos de uma semana, mas Toto Wolff ainda está no meio de uma intensa batalha com outras equipes. Assim, os proprietários de equipes suspeitam que o austríaco esteja vazando informações confidenciais para a Formula One Management (FOM) e Liberty Media – a proprietária da F1. Curiosamente, também existem boatos de que Wolff estaria recebendo informações que não deveria ter. Isso, inclusive, é o que afirma a conceituada revista Business F1.

Além disso, Toto Wolff é chefe da Mercedes. Dessa forma, ele está presente em todas as reuniões que as equipes da categoria têm entre si. Como resultado, ele possui muito conhecimento confidencial sobre assuntos que nem sempre chegam até a FOM e a Liberty Media.

Isso se soma ao fato do austríaco ser casado com Susie Wolff, que é diretora administrativa da F1 Academy desde a última temporada. Por sua vez, a categoria feminina também é de propriedade da FOM. Desse modo, no seu cargo, Susie recebe muitas informações confidenciais sobre a F1 Academy, a FOM e também sobre a Fórmula 1.

FIA está ciente das preocupações com Toto Wolff

Juntando todos esses argumentos, as equipes da F1 começaram a suspeitar da possibilidade do casal trocarem informações confidenciais entre si. Alguns chefes de equipes já teriam até indicado à FIA que estão preocupados com o conflito de interesses.

Segundo a Business F1, o presidente da FIA, Mohammed Ben Sulayem, está ciente das crescentes preocupações. No entanto, ele ainda não descobriu se isso é um conflito habitual entre os times da categoria ou se realmente existe algo acontecendo. De qualquer modo, o mandatário está sob pressão para agir contra a família Wolff.

Além disso, a revista conversou com vários chefes sem revelar seus nomes. Assim, eles se referem, por exemplo, a uma reunião na qual Wolff também estava presente e que, de repente, contou algo que só poderia ser conhecido por ter ouvido de uma fonte da FOM.

“Eles dizem: ‘Ei, podemos ir e ter uma reunião interna’, e no momento seguinte, está tudo na mesa de Greg Maffei (chefe da Liberty Media) porque Toto contou à sua esposa, que por sua vez contou a Stefano [Domenicali], que contou a Greg Maffei”, afirmou um dos chefes de equipe para a revista.

“Acredito que isso seja ilegal. Sinceramente, acredito que seja ilegal. Com certeza, há um enorme conflito de interesses em nível de empresa pública. Além disso, acredito que seja altamente antiético”, disse outro chefe.

Por fim, vale lembrar que Toto Wolff já vazou informações confidenciais antes. Por exemplo, a revista afirma que foi o austríaco quem vazou para a mídia em Singapura (2022) que a Red Bull Racing havia excedido o limite do orçamento, algo que nem a equipe austríaca sabia na mesma época.

Comentários

Loading…

Imagem de vídeo de Marc Márquez estreando pela Ducati para ilustrar a opinião do ex-companheiro Dani Pedrosa sobre o piloto se sentir à vontade na nova equipe na MotoGP

Dani Pedrosa analisa estreia de Marc Márquez na Ducati: “Não é boa notícia”

Foto de David Schumacher para presentar o piloto que tem futuro incerto na Winward, equipe da Mercedes, na categoria DTM

David Schumacher tem futuro incerto no DTM pela equipe Winward, da Mercedes