in

MotoGP: Quartararo revela que testes da Yamaha foram prejudicados pelo mau tempo em Portugal

Fabio Quartararo não conseguiu dar sequência aos testes no circuito lusitano na última segunda-feira (25), após fortes chuvas

Foto de Fabio Quartararo em prova da MotoGp em Valencia para ilustrar a Yamaha que testou três atualizações na etapa buscando recolocar a marca no caminho das vitórias em 2024 na categoria
Divulgação / Monster Energy Yamaha MotoGP (Twitter)

Depois da realização do GP de Portimão em Algarve no último final de semana, Fabio Quartararo e Alex Rins, pilotos da Yamaha, estiveram no circuito novamente para sessão de testes. Contudo, as movimentações foram interrompidas em decorrência das más condições climáticas.

Em posicionamento, o francês detalhou o cenário de reviravolta por conta das chuvas, impactando diretamente os testes, haja visto que ele estava nas voltas iniciais.

“Piores condições para testar. Apenas seis voltas feitas”, revelou Quartararo. Diferentemente do que aconteceu durante o final de semana de provas, a segunda-feira ficou marcada por fortes chuvas na região portuguesa, e mexer diretamente com os planos traçados pela Yamaha. Na noite do último domingo, o piloto havia discursado em tom otimista sobre utilizar os testes para evoluir com a moto.

“Aparentemente, temos muitos itens para testar. Vai ser ótimo. Esperamos que o clima nos permita testá-los”, disse Fabio Quartararo, mostrando preocupação na véspera dos testes. Indagado sobre quais peças estaria testando, o piloto optou por fazer mistério. “Não sei se posso dizer, então prefiro não dizer nada”, afirmou ele, na oportunidade.

Contemplada com a nova regra de concessão fixada para ela e a Honda, a Yamaha conseguiu realizar um teste oficial depois de 24 horas da segunda prova da temporada, conforme dita o regulamento. Ambas as equipes possuem dias adicionais para evoluírem no desenvolvimento da moto.

Apesar deste direito, a Yamaha e a Honda acabaram sendo prejudicadas pelo interrompimento dos testes em Algarve em razão das fortes chuvas. Como resultado do final de semana, Fabio Quartararo cravou o nono lugar na sprint race, e foi sétimo na corrida realizada no dia seguinte.

Companheiro do francês, Alex Rins não completou a disputa da corrida curta, e na prova principal ficou com o modesto 13º lugar. Vinculado à escuderia até o final deste ano, Fabio Quartararo pode buscar novos horizontes e ser mais um nome a agitar o mercado de pilotos para a próxima temporada na categoria.

Avatar

Escrito por Cido Vieira

Comentários

Loading…

Toto Wolff volta a falar sobre chance de Verstappen na Mercedes

Toto Wolff será desfalque da Mercedes no GP do Japão

Chuva adia corrida e impede Enzo Elias de ficar entre os dez primeiros colocados da temporada da Stock Car