in

Ex-Fórmula 1 diz que seria “impossível administrar” Verstappen e Hamilton na mesma equipe

Johnny Herbert acredita que rivalidade problemática como a de Senna e Prost seria revivida

Max Verstappen e Lewis Hamilton na Fórmula 1.
Reprodução / Twitter / Fórmula 1

Após o fim da temporada de 2023 da Fórmula 1, a mídia internacional repercutiu uma possibilidade no mínimo interessante para a maior parte dos amantes de automobilismo.

Isso porque houve especulações de que Lewis Hamilton, ou ao menos seu staff, estaria explorando a possibilidade de tornar-se companheiro de equipe de Max Verstappen na Red Bull Racing.

No entanto, de acordo com o chefe de equipe da Mercedes, Toto Wolff, a situação era inversa e a sondagem foi da escuderia britânica ao atual tricampeão mundial.

De acordo com o ex-Fórmula 1 Johnny Herbert, essa parceria seria complicada de se administrar. Para exemplificar sua opinião, ele citou o caso de Senna e Prost na McLaren.

Acho que é a mesma coisa com Lewis e Max, você não pode ter esses dois pilotos de elite na mesma equipe porque seria impossível administrá-los. Quem for mais desonesto sairá por cima“; iniciou ele, durante recente entrevista ao PlanetF1.com.

Seria uma bagunça, não é? Acho que isso remete ao problema de Prost e Senna. Seria incontrolável e o inferno na terra, eu acho, ter esses dois juntos“; continuou o britânico.

Helmut Marko: "Verstappen e Hamilton nunca serão companheiros de equipe na Fórmula 1"
Reprodução / F1

O ex-piloto de 59 anos, agora em declarações ao Genting Casino, admitiu que seria interessante ao público da F1 vê-los dividir os boxes, mas voltou a citar o risco de reviver uma perigosa rivalidade como a de Senna x Prost.

Seria bom para nós vermos (os dois na mesma equipe)? Com certeza seria […] então você volta para a história de Prost e Senna, quando eles estavam na mesma equipe, no mesmo carro, e tudo deu errado. Depois continuou quando Prost saiu e foi para a Ferrari. O mesmo grau de ódio ainda existia entre eles […] E veríamos a mesma coisa de Max e Lewis“; apontou Herbert.

Marko também não crê em Lewis e Max juntos na Fórmula 1

Quem também concorda com a linha de pensamento de Johnny Herbert é Helmut Marko, famoso e importante conselheiro da Red Bull Racing.

Em recente entrevista ao portal Motorsport.com, o austríaco afirmou que quem estava tentando se comunicar com quem acaba sendo irrelevante, já que ele acredita que a combinação de Verstappen e Hamilton na Red Bull ou em qualquer outra equipe nunca seria viável.

Christian (Horner, chefe de equipe da Red Bull) me informou e me mostrou a mensagem de texto que recebeu (sobre Hamilton na RBR), mas eu disse a ele: ‘Hamilton e Max, isso não funciona’“; revelou Marko.

Avatar

Escrito por Mateus Pereira

Colaborador do Naspistas desde 2023, nasci no estado do Rio de Janeiro e alinho minha maior paixão à minha vocação através da produção de conteúdo sobre esportes. Entre as minhas áreas de maior domínio e experiência profissional estão o automobilismo, o futebol e o universo geek.
Certificado como Jornalista Digital e Social Media pela Academia do Jornalista, contribui no passado como Colunista, Editor-chefe e Líder da editoria de Esportes nos portais R7 Lorena e iG In Magazine.

Comentários

Loading…

Bagnaia MotoGP

Bagnaia elege fator crucial para conquista do bicampeonato da MotoGP

Sean Dylan Kelly

Sean Dylan Kelly retornará à MotoAmérica no ano que vem