in

Fernando Alonso promete se dedicar “200%” e fala sobre futuro na Aston Martin

Especulado na Mercedes para 2025, bicampeão mundial demonstra foco em sua atual equipe

Fernando Alonso na Aston Martin
Fernando Alonso pela Aston Martin (Divulgação/ X - Aston Martin)

Após o fim da temporada de 2022, havia poucas expectativas de que Fernando Alonso, mesmo após seu controverso anúncio de transferência da Alpine para a Aston Martin, pudesse recuperar sua posição entre os principais nomes da Fórmula 1 em 2023.

Entretanto, aos 42 anos, o experiente piloto espanhol voltou desempenhar de forma impressionante na categoria, acumulando pódios e, durante boa parte da temporada de estreia pela nova equipe, se tornou a principal ameaça a Max Verstappen, mesmo em um carro teoricamente bem inferior ao da Red Bull Racing.

Dessa forma, o bicampeão mundial também voltou a ser destaque no mercado da F1, mesmo com idade já avançada para os padrões da categoria. Com a recente movimentação devido ao anúncio de Lewis Hamilton na Ferrari a partir de 2025, Alonso se tornou um dos favoritos de parte do público e da mídia especializada para o futuro assento disponível na Mercedes.

Leia também:
– Fernando Alonso pode substituir Hamilton na Mercedes em 2025

O espanhol, segundo matéria do portal GPblog, comemorou garantiu estar em forma para seguir lutando na Fórmula 1: “Eu me sinto bem, mais em forma do que nunca. Os números que alcançamos em todos os testes físicos que fazemos a cada temporada foram os melhores de todos os tempos neste ano“.

Fernando Alonso aparenta então estar totalmente focado em seguir desempenhando bem nesta temporada pela Aston Martin: “Eu não vou dirigir por mais alguns anos na Fórmula 1 apenas para me divertir. Eu não sou esse tipo de piloto e não sou esse tipo de pessoa. Se eu quiser continuar pilotando, é porque sei que posso dar 200% para a equipe, dentro e fora da pista.

O futuro de Fernando Alonso

Em meio às especulações sobre a vaga na Mercedes, o contrato atual de Alonso se encerra no fim deste ano. No entanto, ele parece disposto a conversar com sua atual escuderia antes de sacramentar sua aposentadoria ou mudança para outra equipe.

Minha primeira prioridade será sempre sentar e conversar com a Aston Martin. Eles me deram a oportunidade no ano passado de me juntar a essa organização, da qual tenho muito orgulho de fazer parte“; afirmou então Fernando. “Com a nova fábrica e com tudo o que está acontecendo, há um grande futuro (na Aston Martin). Quero explorar todas as possibilidades de correr por muitos anos aqui“; encerrou o bicampeão mundial.

Avatar

Escrito por Mateus Pereira

Colaborador do Naspistas desde 2023, nasci no estado do Rio de Janeiro e alinho minha maior paixão à minha vocação através da produção de conteúdo sobre esportes. Entre as minhas áreas de maior domínio e experiência profissional estão o automobilismo, o futebol e o universo geek.
Certificado como Jornalista Digital e Social Media pela Academia do Jornalista, contribui no passado como Colunista, Editor-chefe e Líder da editoria de Esportes nos portais R7 Lorena e iG In Magazine.

Comentários

Loading…

F1 hoje: GP da Turquia, já realizado nove vezes na história, quer voltar ao calendário em 2026

Vasseur, Ferrari chefe

F1 hoje: Vasseur diz que 2024 não será ano de transição para a Ferrari à espera de Hamilton