in

Fórmula 1: Carlos Sainz diz estar “pronto” para o GP da Austrália 

Carlos Sainz, piloto da equipe de Fórmula 1 da Ferrari
Carlos Sainz está de volta à Fórmula 1 após contrair uma apendicite (foto: transmissão Fórmula 1)

Depois de perder o Grande Prêmio da Arábia Saudita por causa de uma apendicite, Carlos Sainz está na Austrália para disputar a próxima etapa da Fórmula 1. Nesta quinta (21), o espanhol falou como está a própria saúde. 

“Mas me sinto pronto. Fiz o máximo possível para me recuperar. Vocês não imaginam o esforço e a logística que fiz para estar apto para esta corrida”, iniciou.  

“Estou muito feliz com o progresso que fiz e agora, como disse, é hora de entrar no carro e ver como me sinto”, prosseguiu Sainz. 

Apesar do otimismo, o competidor admitiu que não está nas condições ideais. “Não é como se eu estivesse 100% porque, obviamente, estive dez dias na cama e não dez dias treinando, indo para o simulador e me preparando para um fim de semana normal”, acrescentou. 

“Mas, se estiver apto para correr e não tiver nenhuma dor ou sintomas graves, ainda posso ter um fim de semana forte e o objetivo será desafiar a Red Bull”, finalizou. 

O futuro de Sainz, na Fórmula 1, é incerto. O contrato do piloto com a Ferrari termina em dezembro deste ano. Ele vai ser substituído por Lewis Hamilton. 

Ferrari se manifesta sobre Sainz 

As declarações do piloto espanhol reforçam o que disse a escuderia de Maranello, em nota oficial emitida, no dia anterior. 

“Espera-se que Carlos Sainz esteja de volta ao carro, depois de ter perdido o Grande Prêmio de Jeddah em virtude de uma apendicite. Ele provavelmente vai estar ao lado do companheiro, Charles Leclerc”, declarou.

Veja a classificação da Fórmula 1 

Campeonato de pilotos

  • Max Verstappen – 51 pontos 
  • Sergio Pérez – 36 pontos 
  • Charles Leclerc – 28 pontos 
  • George Russell – 18 pontos 
  • Oscar Piastri – 16 pontos 
  • Carlos Sainz – 15 pontos 
  • Fernando Alonso e Lando Norris – 12 pontos 
  • Lewis Hamilton – 8 pontos 
  • Oliver Bearman – 6 pontos 
  • Nico Hulkenberg e Lance Stroll – 1 ponto 
  • Alex Albon, Guanyu Zhou, Kevin Magnussen e Daniel Ricciardo – 0 pontos 

Campeonato de construtores 

  • Red Bull Racing – 87 pontos 
  • Ferrari – 49 pontos 
  • McLaren – 28 pontos 
  • Mercedes – 26 pontos 
  • Aston Martin – 13 pontos 
  • Haas – 1 ponto 
  • Williams, Kick Sauber, Visa RB e Alpine – 0 pontos

Comentários

Loading…

Max Verstappen, Red Bull

Ex-piloto revela que Verstappen está perto de acordo com a Mercedes e chama Horner de arrogante

Ferrari, equipe de Fórmula 1

Fórmula 1: chefe da Ferrari detalha estratégia para o GP da Austrália