in

Verstappen abandona e Sainz vence GP da Austrália de F1 com dobradinha da Ferrari

Carlos Sainz ganhou pela terceira vez na Fórmula 1, ao ultrapassar Max Verstappen, que teve um problema no freio, na segunda volta

Carlos Sainz venceu pela terceira vez na F1
Carlos Sainz venceu pela terceira vez na F1 (Reprodução/F1)

Enfim um roteiro diferente na Fórmula 1, depois de uma sequência impressionante de vitórias de Max Verstappen. Na corrida marcada pelo abandono do holandês no início, Carlos Sainz venceu o GP da Austrália de Fórmula 1 neste domingo (24), pela madrugada no fuso horário brasileiro.

Charles Leclerc terminou em segundo lugar, completando a dobradinha da Ferrari. Lando Norris fechou o pódio na terceira posição da prova no circuito de Albert Park, em Melbourne.

A largada do GP da Austrália foi limpa e sem problemas. Na segunda volta, Carlos Sainz fez a ultrapassagem por fora em Max Verstappen, que largou na pole, entre as curvas 9 e 10.

Na volta 4, a Red Bull do holandês quebraria, com o tricampeão mundial deixando a corrida depois de sair fumaça e fogo pelo chassi, devido a problemas de superaquecimento no freio.

“No início da corrida, o freio traseiro direito simplesmente travou. Foi como dirigir com o freio de mão acionado”, lamentou Verstappen.

Foi a primeira vez que seu carro falhou, desde a mesma corrida na Austrália em 2022. Max Verstappen encerrou uma sequência de 43 corridas consecutivas pontuando, além de desperdiçar a oportunidade de uma décima vitória seguida.

Verstappen e Hamilton fora da prova

Na liderança, Carlos Sainz passou a realizar seguidas voltas mais rápidas, abrindo distância com relação aos adversários. Na volta 17, Lewis Hamilton também deixou a corrida com problemas no motor em sua Mercedes. Não era o dia dos campeões mundiais.

Sainz se manteve tranquilo na liderança, com Charles Leclerc se firmando na segunda colocação para alegria dos ferraristas. Na metade da prova, as duas McLaren se consolidaram nas terceira e quarta colocações, através de Lando Norris e Oscar Piastri, respectivamente. Aliás, o australiano teve que obedecer uma ordem na volta 29 e cedeu a posição para o britânico.

Tentando lutar pela vitória contra o companheiro de equipe, Leclerc também emendou uma sequência de voltas mais rápidas na pista de Albert Park.

Mas Sainz se manteve firme na ponta, obtendo a sua terceira vitória na carreira somente duas semanas depois de realizar uma cirurgia de apendicite que o deixou de fora da etapa anterior na Arábia Saudita. Para delírio dos tifosi, foi a primeira dobradinha da Ferrari desde o GP do Bahrein de 2022.

Na última volta do GP da Austrália, enquanto perseguia Fernando Alonso, George Russell bateu forte sua Mercedes no muro, com o carro ficando de lado. A prova foi encerrada com o safety car virtual e o britânico saiu ileso do acidente.

A próxima etapa da Fórmula 1 será o GP do Japão, em Suzuka, daqui a duas semanas entre 5 e 7 de abril. Mesmo não completando a prova na Austrália, Max Verstappen segue na liderança do campeonato com 51 pontos. Leclerc é o segundo somando 47, um a mais que o terceiro colocado Sergio Pérez com 46. Sainz está na quarta posição com 40 pontos.

Comentários

Loading…

Atual campeão Álex Palou é pole da bateria 2 da Corrida do Milhão da Indy

Rosenqvist e Palou largam na frente nas duas baterias da Corrida do Milhão da Indy

Os possíveis destinos de Carlos Sainz após a saída da Ferrari

Carlos Sainz se anima e quer desafiar Red Bull com mais frequência