in

Horner e outras figuras importantes da Red Bull conversam para uma trégua antes do GP da Austrália

Chefe da escuderia austríaca, Christian Horner teria chegado a um ‘acordo de paz’ com nomes como Helmut Marko e Jos Verstappen

Christian Horner, Red Bull, Fórmula 1, GP de Las Vegas
Reprodução / Red Bull

O episódio em que Christian Horner teria assediado uma funcionária da Red Bull segue abalando o ambiente interno da escuderia. Logo após ser suspensa pela equipe, ela fez uma denúncia contra o dirigente junto à FIA, que não confirmou uma nova investigação.

Diante da proximidade da terceira etapa da Fórmula 1 em 2024 através do GP da Austrália, Christian Horner conseguiu uma trégua junto à alta cúpula da Red Bull. Entre os nomes com quem teria conseguido chegar a um acordo, estão Helmut Marko e Jos Verstappen.

O pai de Max Verstappen, que teria exigido a saída de Horner da equipe como condição para que o filho seguisse na Red Bull, reforçou ser fundamental a recuperação da paz na escuderia austríaca. Mesmo que não seja contratado pela empresa de energéticos, Jos Verstappen é considerado muito influente na equipe.

Horner tem o apoio do dono da Red Bull

De acordo com informações do jornal britânico The Mirror, Christian Horner teria obtido um ‘cessar-fogo público’ junto a Marko e Jos Verstappen. O pacto visa não prejudicar o desempenho da Red Bull no GP da Austrália deste domingo (24), no Circuito de Albert Park.

O tabloide ressaltou o apoio obtido por Horner junto ao conselho da equipe, formado pelos executivos Franz Watzlawick e Oliver Mintzlaff, além do proprietário majoritário da Red Bull: o bilionário tailandês Chalerm Yoodivhya.

Mesmo diante do impasse político, Max Verstappen e a Red Bull buscam a décima vitória consecutiva na Fórmula 1. Desde o GP de Singapura em setembro vencido pela Ferrari de Carlos Sainz, o holandês triunfou em todas as etapas da competição. O atual tricampeão mundial ganhou 21 das últimas 24 corridas, a partir do começo do ano passado.

Comentários

Loading…

Helmut Marko, Sergio Perez

Helmut Marko abre o jogo sobre chances da Red Bull na Austrália

Acordo entre Madri e Fórmula 1 é válido por 10 anos.

F1 hoje: Madri pode ter a primeira corrida noturna da Europa em 2026