in

Horner reage ao abandono de Verstappen e explica corrida decepcionante de Pérez

Horner destacou a postura de Verstappen com a equipe apesar dos problemas técnicos do carro na Austrália e falou em aprendizado para o futuro

Christian Horner, Red Bull
Divulgação/F1.com

Após garantir a pole position para o GP da Austrália, Max Verstappen não conseguiu completar a corrida em Melbourne. Essa foi a primeira vez que o holandês precisou abandonar uma prova após dois anos. Curiosamente, a última vez havia sido justamente na Austrália, também por problemas técnicos com o carro. 

Verstappen teve problemas no freio e acabou abandonando a corrida na terceira volta do GP da Austrália.  O chefe da equipe Red Bull Racing, Christian Horner, falou sobre o caso após a prova vencida por Carlos Sainz. 

“Claro que um piloto fica frustrado quando abandona, mas ele permaneceu muito amigável com a equipe e os mecânicos. Somos uma equipe e esse abandono prejudica a todos igualmente. Temos que aprender com isso. Não tínhamos tido nenhum abandono devido a problemas mecânicos em dois anos, o que é notável. Mas é ótimo que ele ainda esteja na liderança depois de três corridas, apesar de não ter concluído”, disse Horner após a corrida.

+ Ex-piloto revela que Verstappen está perto de acordo com a Mercedes

“Esse problema no freio é, obviamente, muito decepcionante. Acho que desde o início do Grande Prêmio parecia que ele estava preso. Ele teve alguns grandes momentos e parecia que o freio de mão estava puxado. É muito frustrante ter nosso primeiro DNF em dois anos”, avaliou o chefe da equipe ao Viaplay.

Horner explica corrida de Sergio Pérez:

Christian Horner também falou sobre Sergio Pérez, que ficou com o quinto lugar na Austrália. O chefe da Red Bull explicou que o mexicano perdeu fôlego no decorrer da corrida porque seu carro também não estava 100%.

“Ele provavelmente não sabia, mas sofreu danos ao ultrapassar Alonso (na volta 28, na disputa pelo quinto lugar). Ele perdeu uma quantidade significativa de downforce no assoalho. E de novo, temos que descobrir o motivo, porque é algo incomum para o nosso carro”, disse.

Danielle Barbosa

Escrito por Danielle Barbosa

Jornalista.

Comentários

Loading…

Toto Wolff, Mercedes

Toto Wolff faz discurso pessimista após começo ruim da Mercedes e Hamilton

Mercedes

Desempenho na Austrália põe futuro da Mercedes em dúvida