in

Eddie Jordan comenta acusação contra Horner e estipula prazo para definição do caso

Eddie Jordan prevê ausência de Horner no lançamento do RB20 se a investigação de uma suposta conduta imprópria ainda estiver em aberto

Horner, Red Bull
Divulgação/Red Bull

A repercussão da transferência de Lewis Hamilton da Mercedes para a Ferrari deu lugar as notícias sobre as acusações contra Christian Horner. O chefe de equipe da Red Bull Racing está sendo acusado de uma suposta conduta imprópria contra funcionários na equipe austríaca. Ex- proprietário da Jordan, Eddie Jordan deu a sua opinião sobre o assunto.

Em seu podcast Formula for Success, Jordan afirmou que Horner é inocente até que se prove o contrário. O irlandês também destacou que ninguém sabe todos os detalhes, mas ponderou que a Red Bull precisa resolver tudo antes do lançamento do RB20.

“Dito isso, eles precisam ter uma decisão final sobre isso. De uma forma ou de outra, até a próxima semana. Porque seria absolutamente muito difícil ver o lançamento de um carro com Christian lá e sem nenhuma resposta sobre todas essas situações”, disse Jordan.

+ Red Bull já tem substituto caso Christian Horner deixe a equipe

Para Jordan, inclusive, dificilmente Horner estará no evento de lançamento do RB20 se o caso ainda estiver em aberto. Vale lembrar que o evento está previsto para o dia 15 de fevereiro.

“Não acho que Christian poderia estar no lançamento do carro – levando em conta o objetivo do lançamento, que é mostrar o carro, mostrar a Red Bull em sua glória e as esperanças futuras para a temporada 2024 – se não houvesse uma resposta. Portanto, acho que ele está sob pressão. Ele precisa encontrar uma solução”, acrescentou.

Desde a informação sobre a suposta conduta ilegal de Horner, a Red Bull instaurou uma comissão interna para investigar o caso. De acordo com um porta-voz da empresa, a equipe “leva essas questões extremamente a sério”.

“Depois que a empresa tomou conhecimento de algumas alegações recentes, foi iniciada uma investigação independente. Esse processo, que certamente já está em andamento, está sendo conduzido por um advogado externo especializado. A empresa leva essas questões extremamente a sério e a investigação será concluída o mais rápido possível. Não seria apropriado fazer mais comentários neste momento”, disse o porta-voz ao De Telegraaf.

Danielle Barbosa

Escrito por Danielle Barbosa

Jornalista.

Comentários

Loading…

Gigi Dall'Igna

Dall’Igna dispara contra MotoGP e WorldSBK: “Quando a Ducati ganha, regulamento está errado”

Gabriel Bortoleto vai disputar a Fórmula 2 pela Invicta Racing

Gabriel Bortoleto elogia carro desenvolvido para a Fórmula 2: “Realmente lindo